Details

Histórias da periferia: a maconha no mundo de jovens estudantes de uma escola pública de São Paulo - Uma análise fenomelógica

by Camargo Vianna, Fernanda de

Abstract (Summary)
A história sobre o consumo de maconha nos mostra que os significados atribuídosa este foram sendo alterados no decorrer dos anos. Prevalece, atualmente, umatendência para se estigmatizar esse uso e atribuir a ele a idéia de um "problema".Em função dessa tendência, o uso de maconha configura uma realidadeencoberta por ideologias e contradições, permanecendo, muitas vezes, velado opróprio fenômeno do uso dessa substância.De acordo com o referencial da análise existencial, para compreendermos osentido de um fenômeno, devemos levar em conta o contexto dentro do qual esteacontece. Assim, o presente estudo teve como objetivo compreender o sentido damaconha a partir do mundo de jovens estudantes de uma escola pública naperiferia da cidade de São Paulo.Adotamos, para a realização desta pesquisa, um método qualitativo debase fenomenológico existencial. O recurso básico utilizado foi o relato dosparticipantes sobre o fenômeno estudado, tal como experienciado por elespróprios. Os relatos dos jovens foram colhidos durante oito encontros coletivosrealizados com alunos da oitava série na escola. Não houve um roteiro fechado deentrevista nem tampouco a definição prévia de todos os passos do processo.Cada encontro foi estruturado sempre a partir do que surgiu do encontro anterior,conforme a proposta da prática reflexiva. A análise dos dados foi feita a partir deuma hermenêutica, que busca o sentido das experiências descritas pelos jovens,em um movimento de ir trazendo à luz aquilo que permanece encoberto: o sentidoprojetado por eles para o uso de maconha.Como síntese do conjunto de informações obtidas vimos que, no mundodos jovens da periferia, as fronteiras entre maconha e drogas, usuário e traficante,tráfico e outros crimes praticamente não existem. Logo, o uso de maconharepresenta para esses jovens um risco muito grande. A proximidade das drogas,no mundo em que vivem, impõe a redobrada tarefa de cuidarem da própria vida.Para eles, diante das precariedades da vida na periferia, o uso de maconha ficaassociado à necessidade de anestesia do desespero. Apesar de apresentar-secomo possibilidade de sedação e fuga do desamparo a que estão expostos, esseuso pode prejudicar seus projetos. Mesmo quando percebem que o uso demaconha possui algum fascínio, eles têm a percepção clara de que, diante dosdesafios impostos pela condição de vida em que se encontram, tal experiênciaviria dificultar o caminho de realização de seus sonhos.Esta investigação é um esforço no sentido de compreender o uso damaconha, incluindo, no processo de construção do saber, aqueles que maisdiretamente estão envolvidos com a questão
Bibliographical Information:

Advisor:Heloisa Szymanski Ribeiro Gomes

School:Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:psicologia machonha e drogas

ISBN:

Date of Publication:03/31/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.