Details

Restrições da correlação nos testes de germinação de sementes e emergência de plântulas

by Cursino, Celso

Abstract (Summary)
Coeficiente de Pearson r é usado para comparar experimentos científicos. Emtecnologias de sementes serve para comparar resultados de procedimentos que medemvigor. Quando se prognosticam resultados de correlações baseados em condiçõessimilares e eles não acontecem, a correlação de Pearson enfrenta críticas, atribuídasprincipalmente a duas causas. Primeiramente pela estatística, para cuja utilização dacorrelação de Pearson existem prescrições nem sempre observadas, talvez por nãoserem entendidas como pressuposições. Exigem-se variáveis métricas naturalmenteassociadas, com distribuição normal bivariada, pareamento, homoscedasticidade, nuvemde dispersão retilínea; detectção de outliers. Somam-se observações práticas quanto àvalidade restrita a um trecho da série de dados, da criação de faixas de valores paraconsiderá-la de ?baixa? a ?alta?, da necessidade da análise gráfica, da interpretação designificância, entre outras. A segunda causa seria justamente a existência de variaçãobiológica devido a fatores diversos externos e interno às sementes, servindo às vezes desustentáculo para conclusões de interesse do pesquisador. No objetivo de identificaraplicabilidade das correlações e as causas de resultados estranhos, foram comparadosdados existentes no Laboratório de Análises de Sementes do ICIAG da UniversidadeFederal de Uberlândia-MG, testes germinação de envelhecimento acelerado emcondições ideais de repetibilidade em laboratório, e teste de emergência de plântulas emcampo, e outras variáveis simuladas, havendo incidência de resultados estranhos. Arepresentação gráfica normal da dispersão entre X e Y mostra satisfatoriamente ocorrelacionamento de variáveis naturalmente associadas com n grande. Entretanto, se acovariância não é tão óbvia, a disperção Y=f(X) não é suficiente para mostrarcrescimento ou decréscimo simultâneo entre as variáveis. Usando metodologiaalternativa de plotagem das variáveis em relação a uma variável auxiliar Z, de mesmos nelementos que X e Y, pôde-se estudar individualmente o comportamento das variáveis.O método gráfico permitiu taxar correlações em válidas ou não pela similaridade dasvariáveis, comparável à homoscedasticidade; verificar outliers em n pequeno ou grande;agrupamento de outliers em ?trecho dissidente? e mostrar efeito de tratamentos. Noscasos analisados, concluiu-se que, comparando vigor de sementes com resultados só delaboratório, tão bem como no seu relacionamento com os de campo; e entre dadossimulados, as inconsistências de resultados de correlações são preponderantes por nãoseguirem as prescrições da literatura, entre outras. A magnitude das distorções porcausas estatísticas não deixou espaço para mensurar efeitos da variação de condiçõesbiológicas de sementes, alterações temporais relativas a manuseio ou edafoclimáticas.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Marli Aparecida Ranal; Ednaldo Carvalho Guimarães; Maria Eugenia Lisei de Sa; Denise Garcia de Santana

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Falhas em correlações Confiabilidade de Prescrições da correlação Homoscedasticidade nas Detectar outliers na AGRONOMIA Sementes Germinação

ISBN:

Date of Publication:12/27/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.