Details

Composição bromatológica da fitomassa produzida em monocultivos e consórcios de sorgo, milheto e guandu-anão

by Minutti, Cláudia Regina

Abstract (Summary)
O presente trabalho objetivou determinar a composição bromatológica da fitomassa produzida em monocultivos e consórcios de sorgo (Sorghum bicolor, cv. BRS-800), milheto (Penissetum glaucum, cv. BN-2) e guandu (Cajanus cajan, cv. anão). As análises foram feitas no laboratório de bromatologia da UNOESTE e determinou-se a produção de fitomassa seca, minerais (MM%), fibra bruta (FB%), extrato etéreo (EE%), proteína bruta (PB%), nutrientes digestivo totais (NDT%) e extrativo não nitrogenado (ENN%). O delineamento experimental utilizado foi em blocos completos casualizados, com quatro repetições, com parcelas subdivididas em 18 tratamentos: sorgo solteiro, guandu solteiro, milheto solteiro, sorgo e guandu consorciados, milheto e guandu consorciados e milheto e sorgo consorciados, com épocas de corte nos estágios de 30, 60 e 90 dias após a semeadura (DAS). O milheto foi a espécie que apresentou a maior produção de fitomassa seca aos 30 e 60 DAS, no cultivo solteiro e nos consórcio. O sorgo solteiro ou no consórcio com o guandu apresentou a maior produção de fitomassa seca aos 90 DAS. O milheto e o guandu apresentaram os maiores teores de proteína bruta aos 30 DAS. O guandu apresentou uma baixa produção de fitomassa seca aos 30 DAS, mas foi responsável pelo incremento de proteína bruta nos consórcios com sorgo e milheto aos 60 e 90 dias
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Carlos Sérgio Tiritan; José Salvador Simoneti Foloni; Ronan Gualberto

School:Universidade do Oeste Paulista

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Consorciação de Culturas Composição Bromatológica AGRONOMIA

ISBN:

Date of Publication:03/25/2008

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.