Details

Identificação da enzima oxido nitrico sintase em vegetais

by Almeida Ribeiro, Euripedes de

Abstract (Summary)
A enzima óxido nítrico sintase (NOS) é responsável pela síntese de óxido nítrico (NO) através da oxidação da L-arginina a L-citrulina. Esta enzima é encontrada amplamente distribuída na natureza. No reino animal, as isoformas de NOS constitutivamente expressas são freqüentemente Ca2+ -dependentes e envolvidas em processos fisiológicos enquanto que isoformas de NOS Ca2+-independentes são normalmente induzidas a produzir grandes quantidades de NO em situações patológicas. Evidências da existência de uma via endógena para a síntese de NO no reino vegetal tem surgido nos anos recentes. No presente trabalho investigou-se a presença da NOS em algumas espécies vegetais, avaliando-se a reação cruzada de anticorpos produzidos contra NOS de macrófagos de camundongos e de cérebro de rato com extratos de diferentes tecidos vegetais, e também medindo-se a atividade NOS pela produção de L-[U-14C]-citrulina a partir de L-[U-14C]-arginina. Anticorpos contra NOS de macrófagos e NOS de cérebro detectaram uma proteína de aproximadamente166 kDa em ensaios de Western blot com extratos citossólicos de ápices radiculares e folhas jovens de plântulas de milho. A imunolocalização, usando anticorpos contra NOS de macrófagos conjugados com isotiocianato de fIuoresceína, revelou esta proteína no citosol das células na zona de divisão bem como no núcleo das células da zona de elongação de ápices radiculares de milho. Os extratos citossólicos de ápices radiculares e folhas jovens de milho apresentaram atividade NOS Ca2+ -dependente, medida pela sensibilidade aos inibidores da NOS, como L-NAME, L-NMMA, L-NNA e aminoguanidina. Estes resultados sugerem a existência de uma enzima NOS constitutiva nestes tecidos de milho e que a localização subcelular desta proteína depende da fase de crescimento celular. Extratos citossólicos derivados de cultura de células de laranja também apresentaram reação cruzada com anticorpos produzidos contra NOS de macrófagos e cérebro. Os extratos citossólicos derivados da região dos pêlos absorventes de raízes de milho apresentaram atividade NOS muito maior, comparada com os ápices radiculares e as folhas jovens. Esta atividade se mostrou Ca2+ -independente, sugerindo a existência de uma isoforma induzida nesta zona da raiz. Uma atividade NOS Ca2+ -independente também foi detectada em células mãe de grãos-de-pólen de café em diferentes estágios de divisão meiótica sugerindo um papel para esta enzima no processo de microsporogênese de café. O conjunto de resultados indica a existência, em vegetais, de diferentes isoformas de uma enzima do tipo NOS que pode ter um importante papel no controle do crescimento e na diferenciação celular
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Ione Salgado Martins; Ione Salgado Martins [Orientador]; Marcos Antonio Machado; Lucia Pereira da Silva

School:Universidade Estadual de Campinas

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Identificação

ISBN:

Date of Publication:08/30/1999

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.