Details

Influência da extensão e tipo de retentor intra-radicular na deformacão e resistência à fratura de dentes tratados endodonticamente

by de Freitas, Paulo César

Abstract (Summary)
Verifica-se grande controvérsia sobre os efeitos da extensão de diferentes retentores intra-radiculares na resistência de dentes tratados endodonticamente. O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência de diferentes extensões e tipos de retentores intra-radiculares na deformação e resistência à fratura de dentes tratados endodonticamente. Cento e trinta e cinco raízes bovinas foram seccionadas com 15 mm, endodonticamente tratadas e aleatoriamente divididas em 3 grupos (n=45): PFV, pino de fibra de vidro; PPM, pino pré-fabricado metálico; NMF, núcleo metálico fundido. Posteriormente, cada grupo foi dividido em 3 subgrupos (n=15), variando a extensão do pino: 5,0 mm; 7,5 mm; 10,0 mm. Todas as raízes foram restauradas com coroas totais metálicas. No ensaio de extensometria (n=5) foram colados dois extensômetros na dentina radicular, um na face proximal e outro na face vestibular de cada amostra para medir a microdeformação (?S) sob carregamento contínuo de 0-100N. A resistência à fratura (N) foi medida em máquina de ensaio mecânico com aplicação de carga tangencial em um ângulo de 135° com o longo eixo do dente. Os dados foram submetidos à análise de variância fatorial (3x3), seguido pelo teste de Tukey (?=,05). A distribuição do padrão de fratura foi analisada baseada no grau de envolvimento do dano na estrutura dental e no retentor intra-radicular. Os resultados mostraram que a deformação foi sempre maior na face vestibular independente do tipo e extensão do retentor intra-radicular. A diminuição da extensão do pino para 5,0mm nos grupos NMF e PPM resultou em aumento significativo da deformação, principalmente na face proximal. Os valores médios de resistência à fratura indicaram que a extensão do retentor intra-radicular foi fator significante para os grupos NMF e PPM, e não significante para o grupo PFV. As fraturas radiculares foram prevalentes nos grupos NMF e PPM. No grupo PFV houve a prevalência de fratura envolvendo retentor intra-radicular e núcleo de preenchimento. Na extensão de 10,0 mm o núcleo metálico fundido apresentou maior resistência à fratura que o pino de fibra de vidro, porém este demonstrou efetividade nas três extensões estudadas, sendo superior aos pinos metálicos na extensão de 5,0 mm. Os pinos metálicos apresentaram padrão de fratura desfavorável envolvendo fraturas radiculares, enquanto os pinos de fibra de vidro apresentaram fraturas envolvendo núcleo de preenchimento, com maior facilidade de reparo.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Henner Alberto Gomide; Alfredo Júlio Fernandes Neto; Luís Roberto Marcondes Martins; Carlos José Soares

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Dentes tratados endodonticamente Pinos intra-radiculares Resistência à fratura Materiais dentários

ISBN:

Date of Publication:02/16/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.