Details

Avaliação da atividade farmacológica de uma família de proteínas ligantes de quimiocinas derivada da saliva de carrapato

by de Oliveira, Ana Leticia

Abstract (Summary)
As quimiocinas participam de uma ampla série de eventos fisiológicos bem como do processo patológico de várias doenças, apresentando-se, assim, como possíveis alvos para novas estratégias terapêuticas. Alguns tipos de vírus e o Schistosoma mansoni burlam o sistema imune do hospedeiro produzindo proteínas que seletivamente neutralizam asquimiocinas que medeiam o processo inflamatório. Os carrapatos possuem em sua saliva uma grande variedade de agentes como as proteínas ligantes de quimiocinas que permitem com que eles se alimentem por logo período de tempo sem serem percebidos pelo sistema imunológico do hospedeiro. Através de uma biblioteca de cDNA construída a partir da glândula salivar do carrapato Rhipicephalus sanguineus foram identificadas três proteínas ligantes de quimiocinas chamadas Evasinas que não apresentam homologia estrutural àsproteínas já descritas. Ao contrário das proteínas ligantes de quimiocinas virais e do Schistosoma mansoni, esta família apresenta uma grande seletividade de seus membros quanto aos ligantes. Estudos in vitro mostram que a Evasina-1 liga-se à MIP-1a/CCL3, MIP-1b/CCL4 e PARC/CCL18. A Evasina-3 liga-se à IL-8/CXCL8 e GRO-a/CXCL1 e homólogos murinos (KC/CXCL1-3 e MIP-2/CXCL1-2). Já a Evasina-4 liga-se à eotaxina/CCL11 e RANTES/CCL5. No presente trabalho, nós avaliamos a atividade farmacológica das evasinas em diferentes modelos de inflamação. A Evasina-1 inibiu o recrutamento celular induzido por MIP-1a/CCL3, bem como diminuiu a inflamação emmodelos de hipersensibilidade do tipo tardia e fibrose pulmonar induzida pela bleomicina. De maneira semelhante, a Evasina-3 e a Evasina-4 preveniram o influxo de neutrófilos ou eosinófilos, respectivamente, induzido por fatores quimiotáticos ou por antígeno em animais sensibilizados. Assim, essas novas proteínas ligantes de quimiocinas, que são menores que os recentemente descobertos anticorpos naturais de camelos que possuem apenas a cadeiapesada, apresentam atividade farmacológica in vivo e são eficazes em reduzir a inflamação em modelos animais. As evasinas podem ser relevantes como estratégias antiinflamatórias no futuro e úteis no planejamento de novos arcabouços estruturais através do planejamentomolecular racional.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Mauro Martins Teixeira; Denise Carmona Cara Machado; Deborah Aparecida Negrao Correa; Marco Aurélio Martins; Andre Talvani

School:Universidade Federal de Minas Gerais

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Fisiologia Teses.

ISBN:

Date of Publication:12/13/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.