Details

Biorredução da 4-aminoacetofenona catalisada por células de Saccharomyces cerevisiae sp. em sistemas bifásicos

by Lehmkuhl, Ana Lucia

Abstract (Summary)
Nos últimos anos, o uso da biotransformação tem sido considerado um avanço na obtenção de substâncias enantiomericamente puras. O princípio geral desta técnica consiste na utilização de enzimas ou microorganismos em particular leveduras como Saccharomyces cerevisiae,provenientes do fermento de pão ou de linhagens purificadas (sp.). Os métodos que envolvem a utilização de biocatálises são em geral de baixo custo pois envolvem condições suaves de temperatura e pressão e ainda geram afluentes de baixo ou nenhuma toxicidade. Problemas relacionados ao seu uso, no entanto, estão na dificuldade de se trabalhar com substâncias orgânicas pouco solúveis em meio aquoso que é em geral o meio natural dos biocatálisadores normalmente células vivas. Este problema, porém, tem sido contornado pela adição de um solvente orgânico insolúvel em água como uma segunda fase. A dificuldade no entanto, está em que os solventes orgânicos são em geral tóxicos às células diminuindo rapidamente sua atividade biocatalítica. É necessário então, estudar a interação de células microbianas em relaçãoa solventes orgânicos visando a potencialidade e otimização do processo. O presente trabalho teve como objetivos o estudo da bioredução do substrato 4-aminoacetofenona em sistemas bifásicos, gerando os álcoois correspondentes e a análise do comportamento das células Saccharomyces cerevisiae, das linhagens CCT 3174, CCT 0294, CCT 0472 e células de Saccharomyces cerevisiae provenientes do fermento de pão. Foi utilizado o solvente n-heptanonas proporções n-heptano/água 5%, 10% e 20% em volume. A escolha do n-heptano como solvente se justifica por ser um solvente que apresenta log P=4, sendo conseqüentemente demenor toxicidade para os microorganismos. Além disso, o n-heptano é um solvente volátil e é facilmente eliminado após a reação sendo ainda de baixo custo o que possibilita sua utilização em grande escala. Como resultados positivos, observou-se uma atividade biocatalítica para as células Saccharomyces cerevisiae CCT 3174, CCT 0294 e CCT 0472 na proporção de solvente/água 5%. Também O CCT 3174 na presença de solvente/água 10%, apresentou atividadebiocatalítica. Já na proporção n-heptano/água 20% para todas as linhagens testadas não foi observada atividade biocalítica. Os produtos da reação foram caracterizados por técnica de infravermelho, apresentando a banda característica de álcool em torno de 3500 cm-1. Podemosclassificar os sistemas n-heptano/água como biocompatíveis para as linhagens CCT 3174, CCT 0294 e CCT 0472 na proporção de 5% e para a linhagem CCT 3174 n-heptano/água na proporção de 10%. Os experimentos conduzidos nas demais proporções e com todas as linhagensnão foi observada atividade biocatalítica
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Jürgen Andreaus; Renato Wendhausen Júnior; Regina Vasconcellos Antônio

School:Universidade Regional de Blumenau

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:solventes orgânicos Enzimas - Biotecnologia;Solventes orgânicos; Saccharomyces cerevisae

ISBN:

Date of Publication:07/07/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.