Details

Prevalência presumível, cobertura vacinal, conhecimentos e atitudes sobre a hepatite B em graduandos de Odontologia da Universidade Federal da Bahia.

by Vitória Spínola, Gleicy Gabriela

Abstract (Summary)
Este estudo exploratório analisou a prevalência presumível e cobertura vacinal relacionadas à hepatite B nos graduandos de Odontologia, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), e seus conhecimentos e atitudes frente à doença. Um questionário foi aplicado a 489 estudantes do primeiro ao último período do curso. Utilizou-se a regressão logística não condicional para cálculo do odds ratio com um intervalo deconfiança a 95% . A prevalência presumível de hepatite B foi baixa (0,44%), e quanto à cobertura vacinal, apesar dos estudantes demonstrarem conhecimento sobre a doença, oíndice de vacinação não foi satisfatório - 48,25% dos graduandos não possuíam 3 doses de vacina. Além disso, a análise multivariada demonstrou que as variáveis: semestre(OR=3,52), estágio clínico (OR=3,87), acidentes por exposição ocupacional (OR=2,26) e respeito ao intervalo entre as doses vacinais (OR=8,58) foram consideradas fatores protetores para a amostra avaliada. A partir deste estudo, compreende-se que os esclarecimentos e campanhas passageiras de estímulo à vacinação não são suficientes para uma modificação eficiente do comportamento. Sugere-se aqui uma participação mais efetiva do corpo docente na formação dos acadêmicos de Odontologia, através do ensino teórico/prático das normas de controle e prevenção de infecção, e, da exigência prática dessas atitudes.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Maria Cristina Teixeira Cangussu; Jener Gonçalves de Farias; Maria Isabel Vianna

School:Universidade Federal da Bahia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:conhecimento hepatite b imunização prevalência

ISBN:

Date of Publication:12/18/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.