Details

Seleção, biologia e exigências térmicas de trichogramma sp. Criados em ovos de diaphania nitidalis cramer (lepidoptera: pyralidae)

by da Silva, Alexandre Faria

Abstract (Summary)
Esta pesquisa teve como objetivo selecionar a(s) espécie(s) de Trichogramma criados em ovos de Diaphania nitidalis Cramer (1782) (Lepidoptera: Pyralidae) para um possível controle biológico desta praga. O experimento foi conduzido no Núcleo de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico e Manejo Fitossanitário de Pragas e Doenças (NUDEMAFI) doCentro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Espírito Santo (CCAUFES), em sala climatizada a uma temperatura de 25±1ºC, umidade relativa de 70±10% e fotofase de 14 horas. As fêmeas das espécies de richogrammapretiosum Riley (1879) (Hymenoptera: Trichogrammatidae), Trichogramma exiguum Pinto & Platner (1978) (Hymenoptera: Trichogrammatidae) e Trichogramma atopovirilia Oatman & Platner (1983) (Hymenoptera: Trichogrammatidae) foram individualizadas em tubos de vidro, os quais foramcolocadas cartelas de cartolina com 25 ovos do dia de D. nitidalis, sendo permitido um parasitismo por 24 horas. A porcentagem de parasitismo foi significativamente maior para T. pretiosum 25,66% enquanto que para T. exiguum esse valor foi 2,2 vezes inferior, já para T. atovirllia não houveparasitismo sobre ovos de D. nitidalis. T. pretiosum foi a espécie que apresentou maior potencial de controle de D. nitidalis na temperatura de 25ºC. Na segunda etapa, avaliou-se a biologia e exigências térmicas de T. pretiosumcriados em ovos de D. nitidalis sob diferentes temperaturas. Inicialmente, ovos de D.nitidalis foram submetidos ao parasitismo de T. pretiosum, durante cinco horas na temperatura de 25oC, sendo então transferidos para câmarasclimatizadas reguladas para as temperaturas de 18, 21, 24, 27, 30 e 33±1oC. A duração do ciclo (ovo-adulto) foi influenciada pelas temperaturas variando de 7,75 a 27,5 dias para T. pretiosum. A percentagem de emergência de T.pretiosum foi mais elevada na faixa de temperaturas entre 21 a 30ºC, com valores iguais a 100%, sendo que nas temperaturas extremas (18 e 33ºC) proporcionaram menores taxas de emergência. O número de parasitóidesemergidos por ovo de D. nitidalis variou em função das temperaturas, onde se obteve 1,6 indivíduos por ovo a 24ºC, enquanto que nas demais temperaturas o valor foi igual a 1,0. A razão sexual não sofreu influência em função dastemperaturas. Em relação as exigências térmicas, a temperatura base (Tb) e a constante térmica (K) de T. pretiosum em ovos de D. nitidalis, os valores obtidos foram 11,45ºC e 170,89 graus dias respectivamente. O númeroestimado de gerações anuais de T. pretiosum nas emperaturas mínimas e máximas do Espírito Santo variaram de 5,45 e 41,76ºC nas temperaturas de 14 e 31ºC. A performance satisfatória de T. pretiosum criados em ovos de D. nitidalis, nas temperaturas variando de 21 a 30ºC, permite a recomendação desse parasitóide como potencial no controle desta praga.
Bibliographical Information:

Advisor:Marcelo Antônio Tomaz; José Francisco Teixeira do Amaral; Maria Amélia Gava Ferrão; Adesio Ferreira; Sebastião Martins Filho

School:Universidade Federal do Espírito Santo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:broca das cucurbitáceas controle biológico trichogramma sp diaphania nitidalis biological control pretiosum ciencias agrarias

ISBN:

Date of Publication:02/28/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.