Details

Métodos alternativos de produção de mudas cítricas em recipientes na prevenção da morte súbita dos citros.

by Girardi, Eduardo Augusto

Abstract (Summary)
A Morte Súbita dos Citros (MSC) é uma nova doença que afeta a citricultura paulista, podendo levar à morte de milhões de plantas cítricas enxertadas sobre limão 'Cravo' (Citrus limonia Osbeck), com um impacto comparável ao do vírus da Tristeza dos Citros durante as décadas de 30 e 40. Técnicas alternativas na propagação dos citros podem contornar os efeitos da MSC, seja diretamente, pela produção de subenxertos tolerantes, ou indiretamente, pelo emprego de estaquia de citros e interenxertia em combinações copa/porta-enxerto incompatíveis, mas sobre porta-enxertos tolerantes à MSC. O presente trabalho visou avaliar diferentes métodos de produção de mudas cítricas em recipientes que proporcionem possível prevenção futura das plantas à MSC em condições de campo, através de três experimentos. 1) desenvolvimento de onze porta-enxertos para fins de subenxertia, em diferentes recipientes. Os recipientes usados foram tubetes de 290 mL, sacolas de 1,7L e porta-enxertos transplantados de tubetes de 75mL para sacolas de 1,7L e 4,5L; 2) viabilização de produção de mudas de laranja 'Pêra' (Citrus sinensis L. Osbeck) sobre porta-enxertos citrumelo 'Swingle' (Poncirus trifoliata x Citrus paradisi) e limão 'Volkameriano' (Citrus volkameriana Pasquale), através de interenxertos de laranjas 'Valência' e 'Hamlin'(Citrus sinensis L. Osbeck), tangerina 'Sunki' (Citrus sunki Hort. ex Tanaka) e tangerina 'Cleópatra' (Citrus reshni Hort. ex Tanaka); 3) produção de mudas cítricas e subenxertos a partir de estacas enraizadas de citrumelo 'Swingle'. Utilizaram-se estacas herbáceas, semi-lenhosas e lenhosas obtidas de porta-enxertos de seis meses de idade, submetidas a imersão em solução com IBA 0 ou 500mg L-1 e a enxertia antes do enraizamento. Porta-enxertos produzidos diretamente em sacolas de 1,7L atingiram ponto ideal de subenxertia em menor tempo, ou seja, cerca de 100 a 150 dias após a semeadura, além de permitir a obtenção de plantas maiores e com sistema radicular adequado em mesmo espaço de tempo, quando se necessitar de subenxertos mais vigorosos no campo. A interenxertia se mostrou uma técnica promissora para propagação de citros, especialmente no caso de viabilizar o plantio de laranja 'Pêra' sobre citrumelo 'Swingle' em áreas afetadas pela MSC. Contudo, determina um ciclo de produção mais prolongado e com maior percentagem de descarte de mudas, levando-se até 17 meses para a formação da muda a partir da semeadura do porta-enxerto. Estacas herbáceas com um par de folhas são as mais indicadas para enraizamento e multiplicação de citrumelo 'Swingle'.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Francisco de Assis Alves Mourão Filho; Sergio Alves de Carvalho; Eduardo Sanches Stuchi; Francisco de Assis Alves Mourão Filho

School:Universidade de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords: citricultura morte súbita dos citros mudas ? produção porta-enxertos

ISBN:

Date of Publication:05/30/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.