Details

Videoclipe: encruzilhada cultural análise das bases formais e culturais do videoclipe

by Martinelli, Hugo

Abstract (Summary)
Esse projeto de pesquisa tem como proposta dialogar sobre o videoclipe como uma mídia audiovisual e com a sua relação com a arte e os meios de comunicação, bem como a sua aplicabilidade e as suas significações ocorrentes quando dentro de uma estrutura criativa.A pesquisa está voltada para os processos de criação do videoclipe quanto às suas características históricas, estruturais e culturais, compreendendo um panorama geral do que é um videoclipe mediado e não mediado. Suas possibilidades criativas são trabalhadas dentro de um processo que não envolve somente estudos de cinema e televisão, são analisadas também outras estruturas artísticas capazes de dialogar com o clipe, possibilitando uma visão ampla de seus mecanismos de produção e exibição, como os meios digitais, por exemplo.Por ser um meio que sintetiza linguagens sonoras, visuais entre outras, o clipe explicita uma intertextualidade ilimitada, passando por diversos tipos de textos, e pode ser considerado hoje, como um dos formatos audiovisuais mais criativos e inventivos que se apresentam nas mídias e na arte. Desse modo explora-se a sua potencialidade múltipla, artística, midiática, informacional e cultural em um objeto capaz de unir criatividade, sensibilidade, conhecimento prático e teórico com um nível considerável de repertório intelectual.Esse projeto possui o objetivo de compreender o videoclipe como fonte inesgotável de descobertas no campo da teoria da arte e da comunicação, bem como seu poder de transformação nas possibilidades de montagem e composição, baseando-se em teorias como, por exemplo, a de Eisenstein, tornando o ponto de conflito entre a representação de um fenômeno e a compreensão deste, através da arbitrariedade entre sons e imagens propostos nesse processo de criação. Cabe nesse projeto desenvolver um estudo sobre a posição do objeto ?videoclipe? perante as mídias tradicionais, as suas formas de interpretação, como ele se revela e se afirma como arte e como ele se apropria de diversos tipos de linguagem para que a sua estrutura se apresente tão particular quanto a própria estrutura da tv ou do cinema. Assim pode-se exercitar, de maneira criativa, a capacidade individual de realização do videoclipe através de exercícios de composição visual e sonora, tendo como princípio a interconexão que esse meio é capaz de estabelecer com a idéia de ?expansão? do texto artístico e seus diversos níveis cognitivos.A abordagem da presente pesquisa engloba aspectos conceituais que implica em fazer referências a autores de base ao processo de pesquisa. Dentre eles cabe citar: Roman Jackobson e seus ensaios sobre cinema e lingüística e Iuri Lotman que trata da tipologia da cultura e que sugere o estudo dos fenômenos culturais baseados em conceitos de semiótica e semiologia, com a tarefa de investigar os sistemas de cultura e informação como parte fundamental em qualquer ato criativo e de comunicação.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Silvio Ferraz

School:Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:ARTES vídeoclipe comunicação semiologia linguagem visual música pop Videoclipe

ISBN:

Date of Publication:11/25/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.