Details

UMA ANÁLISE PSICOSSOCIAL DAS RELAÇÕES DE TRABALHO DOS CATADORES DE MATERIAL RECICLÁVEL ORGANIZADOS EMCOOPERATIVAS DE RECICLAGEM

by REZENDE DE, LUIZA FERREIRA

Abstract (Summary)
As relações de trabalho dos catadores de material reciclável e organizações de reciclagem foi otema da presente pesquisa, a qual objetivou investigar a percepção dos catadores quanto a suasrelações de trabalho, as condições em que desempenham suas funções e as práticas de trabalhoem cooperativas de reciclagem, buscando refletir sobre os processos de exclusão/inclusãosocial desses trabalhadores. Este é um estudo de caso de caráter descritivo e exploratório,cujos instrumentos de pesquisa foram a entrevista semi-estruturada e a análise documental. Atécnica para investigar os resultados foi a análise gráfica do discurso desenvolvida por Lane.As entrevistas foram realizadas individualmente com dez participantes de duas cooperativasde reciclagem de lixo que atuavam no município de Goiânia. A reciclagem de lixo urbanofigura como atividade emergente e integra o mercado verde, isto é, insere-se naquelasatividades de cunho ambiental, que ganharam evidência com os movimentos de preservaçãoambiental. A reciclagem de material reciclável é uma cadeia produtiva complexa e queenvolve diversos participantes e embora gere vantagens ambientais indiscutíveis para asociedade em geral, sobressaem os aspectos econômicos. A catação de material reciclável,atividade inicial do processo de reciclagem, constitui para muitos trabalhadores a única formade garantir sua sobrevivência e a possibilidade de inclusão social em um mercado de trabalhocada dia mais excludente. Por meio das análises gráficas do discurso dos participantes desteestudo, percebe-se a intensa exploração a que está submetido o catador de material reciclável,que realiza um trabalho de inegável importância, sem que obtenha reconhecimento dasociedade e melhorias em suas condições de trabalho, embora faça parte de uma cadeiaprodutiva altamente lucrativa. Dessa forma, os resultados obtidos nesta investigação sugeremque as relações de trabalho são precárias e informais entre catadores e organizações dereciclagem. O trabalho com a catação ocorre por necessidade e não por escolha, e os catadoresestão informalmente inseridos no circuito oficial da reciclagem. É um trabalho que expõe otrabalhador a vários tipos de risco à saúde, são vítimas de preconceitos, humilhação, estigmasnegativos e excluídos de alguns ambientes sociais. Os dados também revelaram que algumasorganizações, sob a alegação de utilizar princípios cooperativistas, escamoteiam umasubcontratação de mão-de-obra barata para que desenvolvam suas atividades em condiçõesprecárias e alienantes. Contrapondo-se a esse caráter exploratório e alienante a organizaçãodos catadores em cooperativas que adotam genuínos princípios cooperativistas pode seconfigurar em uma possibilidade para a busca de melhores condições de trabalho e de vida,para além da sobrevivência.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:José Roberto Montes Heloani; ANITA CRISTINA AZEVEDO RESENDE; KÁTIA BARBOSA MACÊDO

School:Universidade Católica de Goiás

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:cooperativas. dialética exclusão/inclusão social precarização das relações de trabalho catadores material reciclável

ISBN:

Date of Publication:03/17/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.