Details

Taxonomia e ecologia dos Myxomycetes ocorrentes na Estação Ecológica Serra de Itabaiana, Sergipe, Brasil

by Fátima de, Maria de

Abstract (Summary)
Os Myxomycetes constituem um grupo de protistas com 870 espécies, distribuídas em microhabitats diversificados. Eles desempenham importante papel entre os decompositores e na cadeia alimentícia da microfauna. As 218 espécies previamentedescritas para o Brasil distribuem-se nas cinco regiões do país, mas a mixobiota de muitos estados ainda não foi descrita. No que se refere a Sergipe, a única espécie referida é Perichaena depressa Lib., apesar deste estado possuir condições climáticas e vegetacionais adequadas ao desenvolvimento dos Myxomycetes. Com o objetivo de ampliar o conhecimento sobre a distribuição dos Myxomycetes nos Neotrópicos e fornecer asprimeiras informações sobre a mixobiota do estado de Sergipe, foi desenvolvido um estudo sobre as espécies de Liceales e Physarales que ocorrem na Estação Ecológica Serra deItabaiana - EESI (10º 40? 52?S e 37º 25? 15?W, 4389,76 ha, 180-670m alt.), em diferentes fisionomias vegetacionais. Entre abril de 2002 e dezembro de 2003, foram coletados esporocarpos em 19 excursões (4 dias cada) realizadas em diferentes estações do ano e localidades (Floresta Estacional Decidual, Floresta de Galeria, Campo limpo, Campo sujo e Cerrado); 590 cultivos em câmara-úmida foram preparados com casca de árvores vivas(Anacardiaceae, Apocynaceae, Veloziaceae e dicotiledôneas não identificadas), troncos mortos, liter do chão da Floresta e do Cerrado, folhas mortas ainda presas à planta-mãe (Arecaceae, Bromeliaceae, Veloziaceae), plantas suculentas (Bromeliaceae, Cactaceae) e fezes de coelho brasileiro (Sylvilagus brasiliensis L.) e cavalo (Equus caballus L.). Exsicatas representativas das coleções encontram-se depositadas nos herbários UFP (Universidade Federal de Pernambuco, Recife) e MA-Fungi (Real Jardín Botânico de Madri). Foram obtidas 1213 coleções, entre as quais estão representadas 15 espécies de Liceales e 31 de Physarales, pertencentes às famílias Cribrariaceae (Cribraria, 6 spp.), Didymiaceae (Diachea¸1sp., Diderma, 4spp., Didymium, 2 spp.), Liceaceae (Licea, 1 sp.), Physaraceae (Badhamia, 1 sp., Craterium, 3spp., Fuligo, 1 sp., Physarella, 1 sp., Physarum, 18 spp.) e Reticulariaceae (Lycogala, 3 spp., Reticularia, 1 sp., Tubifera, 4 spp.). Todos os táxons constituem primeira referência para o estado de Sergipe. Os espécimes obtidos em culturas de fezes representam 10 morfoespécies, distribuídas nas famílias Cribrariaceae (4 spp.), Physaraceae (2 spp.), Stemonitaceae (1 sp.) e Trichiaceae (3 spp.). Todas estas espécies constituem as primeiras referências sobre mixomicetos coprófilos para o Brasil. Cribraria cancellata (Batsch) Nann.-Bremek., C. microcarpa(Schrad.) Pers., Metatrichia vesparia (Batsch) Nann.-Bremek. e Physarum roseum Berk. amp; Broome estão sendo referidas pela primeira vez como coprófilas em âmbito mundial. A distribuição de Tubifera dimorphoteca Nann.-Bremek. amp; Loer. foi ampliada na América do Sul e Comatricha aff. mirabilis R. K. Benj. amp; Poitras, Diachea silvaepluvialis M.L. Farr Diderma rugosum (Rex) T. Macbr., Didymium dubium Rostaf. e Physarum pulcherrimumBerk. amp; Ravenel, estão sendo referidas pela primeira vez para o Brasil. Com base no estudo desenvolvido na EESI, três artigos foram produzidos: o primeiro deles inicia o catálogo descritivo da mixobiota de Sergipe, com as espécies de Liceales registradas nos diferentes ambientes, o segundo trata as Physarales ocorrentes na EESI, com a apresentação de uma espécie ainda não descrita de Physarum e novas ocorrências para Sergipe e Brasil; o terceiro trata do grupo das coprófilas, ainda não explorado no país e que se revelou restrito ao ambiente de cerrado na EESI
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Laise de Holanda Cavalcanti Andrade

School:Universidade Federal de Pernambuco

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:mixomiceto ecologia fungos microorganismos myxomycete ecology fungis microorganisms microbiologia

ISBN:

Date of Publication:03/10/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.