Details

Risco dos setores econômicos brasileiros: uma abordagem multicriterial

by Galves, Herley Martins

Abstract (Summary)
Uma das questões mais importantes da atividade econômica diz respeito à identificação e mensuração da probabilidade de insucesso da atividade. Dentro da amplitude das variáveis relativas ao risco de insucesso, o presente estudo limita-se a avaliar o risco que setores e segmentos econômicos imputam às empresas que neles atuam, e, conseqüentemente, aos agentes que as financiam. O objetivo é demonstrar uma forma prática de avaliar o risco setorial, analisando os setores e segmentos da economia brasileira. O método empregado é o Analitic Hierarchy Process - AHP, desenvolvido por Thomas L. Saaty, na década de 1970. A principal premissa é a de que o risco de um setor ou segmento da atividade econômica resulta da ponderação de diversos fatores (sociais, políticos, institucionais, econômicos, capitalistas, mercadológicos, etc) exógenos às empresas e capazes de influenciar o desempenho das atividades de forma sistêmica e generalizada. A contribuição do presente estudo está na aplicação do método AHP para mensurar os riscos setoriais da economia brasileira, incorporando os conceitos e critérios inerentes à premissa adotada. O período em análise foram os anos de 2001 e 2002, exceto a participação dos segmentos no PIB, cujos dados disponíveis reportavam-se ao ano de 1999. Os resultados obtidos indicam os segmentos de Metalurgia dos Não-Ferrosos e Fabricação de Outros Veículos, Peças e Acessórios como extremos de menor e maior risco, respectivamente. A nomenclatura adotada obedece a classificação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística- IBGE.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Tito Belchior Silva Moreira

School:Universidade Católica de Brasília

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:risco de crédito setorial ECONOMIA

ISBN:

Date of Publication:05/23/2003

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.