Details

Revista Brasileira de Enfermagem e seu papel na consolidação profissional

by Mancia, Joel Rolim

Abstract (Summary)
Trata-se de um estudo histórico que teve como objetivo historicizar a emergência da Revista Brasileira de Enfermagem como órgão de direcionamento e consolidação profissional da enfermagem, desde o seu início até a década de setenta do século vinte. A Tese argumentada ao longo do estudo é de que a REBEn vem representando nacionalmente um marco para a compreensão da enfermagem enquanto profissão, uma vez que ela tem papel importante na trajetória histórica da enfermagem e se mostra lócus privilegiado de enunciação do discurso e direção ideológica produzidos pela ABEn. A investigação se pautou no referencial teórico e metodológico da nova história, especialmente, memória e história oral. O discurso foi construído a partir de diferentes fontes documentais, incluindo livros, artigos e editoriais da própria revista, livros atas e relatórios da Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn) e do acervo Fontes da História da Enfermagem pertencente ao Centro de Estudos e Pesquisas em Enfermagem, especialmente das transcrições de entrevistas com enfermeiras ex-dirigentes da entidade. A revisão da literatura foi organizada a partir de alguns marcos da ABEn, selecionados por sua contribuição na construção de uma identidade para a enfermeira diplomada e por terem na REBEn um notável veículo de expressão. Estes marcos foram a Semana Brasileira de Enfermagem, as Estratégias Políticas para Educação em Enfermagem, o Centro de Estudo e Pesquisa em Enfermagem e o Congresso Brasileiro de Enfermagem. A análise se configurou em torno da REBEn como veículo de direcionamento e consolidação profissional da Enfermagem brasileira, articulada em duas categorias principais, geradas pela apreensão de particularidades próprias a dois momentos históricos: - o nascimento da REBEn e os primeiros anos de luta (1932-1954); - a REBEn em novo cenário e em novos projetos para a enfermagem (1955-1980). Esta análise considerou que as mensagens veiculadas pela revista e oriundas da ABEn não estavam descoladas do cenário ou das idéias que caracterizavam os atores da Enfermagem da época. Mostravam os modos de ser dessa enfermagem, além de orientarem a condução da mesma em todos os espaços sociais, profissionais e políticos. Oportunizavam, assim, condições e possibilidades a determinados modos de ser e fazer profissional, no mesmo movimento em que asseguravam a direção ideológica produzida pelas dirigentes da ABEn. Os editoriais, ao tratarem de temas em evidência no contexto sócio-político, de forma clara ou velada, manifestavam as estratégias da entidade, seus sucessos e percalços no papel de domínio e enunciação de um discurso sobre a enfermagem, seus compromissos, práticas e a produção do conhecimento neste campo. A REBEn constituiu-se assim no instrumento político, que as diretorias da ABEn deram vida, fizeram funcionar, enquanto instituição, para estabelecer a interlocução com seus sócios e, entre a categoria de enfermagem.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Gelson Luiz de Albuquerque; Flávia Regina Souza Ramos; Mauro Leonardo dos Santos; Maria Itayra Coelho de Souza Padilha; Taka Oguisso; Rosemary Silva da Silveira

School:Universidade Federal de Santa Catarina

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:enfermagem história comunicação científica divulgação publicações científicas revista brasileira de

ISBN:

Date of Publication:08/29/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.