Details

Revisitando o campo: lutas, organização, contradições - Pernambuco (1962 - 1987)

by Socorro de, Maria do

Abstract (Summary)
Esta tese procurou analisar a trajetória do sindicalismo rural em Pernambuco, do início dos anos 60, quando ele se estrutura, até 1987, marco no processo de democratização vivido no país, no Estado e na Federação dos Trabalhadores Rurais. Ao fazê-la, levou-se em consideração não apenas a organização e lutas desenvolvidas pelos trabalhadores no movimento sindical, mas a influência das diversas forças políticas que aí atuavam, suas contribuições e contradições. Procurou-se, então, verificar os diferentes projetos que se colocavam para os trabalhadores rurais. A partir de 1964, a ação política das esquerdas torna-se cada vez mais difícil. A pesquisa feita buscou, então, localizar a presença dos diferentes partidos clandestinos no campo, suas propostas, influências e dificuldades. O projeto inicial, de cunho conservador, adotado pela Federação, foi abandonado, e, embora tenha mantido um posicionamento extremamente cuidadoso no que diz respeito à manutenção do seu núcleo dirigente e à implementação gradativa de novas diretrizes, a FETAPE foi assumindo uma postura progressista, mais ampla e aberta à participação de forças de esquerda em sua direção.Registrou-se, ainda, a participação de mulheres nos sindicatos rurais, fato pouco comum no início do período, mas que veio num crescendo, a partir dos anos 80, com vistas a detectar as causas, o significado e os desafios enfrentados nesse processo
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Maria do Socorro Ferraz Barbosa

School:Universidade Federal de Pernambuco

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:trabalhadores HISTORIA DO BRASIL

ISBN:

Date of Publication:02/18/2003

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.