Details

Resfriamento a vacuo de alfaces hidroponicas (Lactuca sativa L.) cv. Salad bowl : avaliação do processo e da vida pos-colheita.

by Amorim Afonso, Marcos Rodrigues

Abstract (Summary)
O resfriamento a vácuo é um método de refrigeração que utiliza a evaporação da água como princípio de resfriamento. Essa evaporação ocorre a baixas pressões, para atingir temperaturas de ebulição próximas a temperatura final desejada do produto. Sistemas de refrigeração por compressão são utilizados para a condensação do vapor de água oriundo do produto. Como alternativa na condensação dos vapores de água, a adsorção com sílica-gel, aparece como boa alternativa tecnológica. O resfriamento a vácuo apresenta algumas vantagens sobre outras técnicas de resfriamento: rapidez no resfriamento e uniformidade da temperatura final do produto. Neste trabalho foi construído um sistema de resfriamento a vácuo e alfaces hidropônicas (Lactuca sativa L.) do grupo Mimosa, cv. Salad Bowl, foram submetidas ao resfriamento a vácuo; foi feita a caracterização das condições de equilíbrio (temperatura e pressão) do par sílica-gel / água como um leito de adsorção. Através de um planejamento experimental foram investigadas as influências da vazão de bombeamento, da quantidade de alface e o tempo de espera sobre a perda de massa e vida pós-colheita das alfaces e sobre o tempo e consumo de energia do resfriamento. As alfaces foram estocadas em câmara de refrigeração com temperatura média de 1oC e umidade relativa de 95-100%. Antes da estocagem, foram adotados diferentes tempos de espera para início do resfriamento. A determinação da vida pós-colheita foi feita através de avaliação sensorial das alfaces. A temperatura das alfaces foi monitorada desde a colheita até o fim de suas vidas pós-colheita. Foram feitos cálculos de grau-hora acumulados ("degree-hour") e ajustados modelos que os relacionem com a vida pós-colheita. Na caracterização da sílica-gel ambos os modelos apresentaram um bom ajuste dos dados experimentais com coeficientes de correlação (R2) de 0,991 para o modelo de Dubinin-Astakhov e 0,993 para o modelo de Freundlich. A quantidade de massa de alfaces e a vazão de bombeamento influenciaram significativamente (p < 0,05) o tempo de processo, o consumo de energia e a perda de massa das alfaces. O tempo de processo variou de 16,9 minutos até 79 minutos, o consumo de energia de 0,59 kWh até 1,52 kWh, a perda de massa das alfaces de 3,01% até 5,44% e a vida de prateleira das alfaces de 19 dias até 23 dias. O modelo que melhor ajustou os dados de grau-hora acumulado obteve um coeficiente de correlação de 0,957 e um F calculado de 360,5 (p < 0,05).
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Vivaldo Silveira Junior; Sylvio Luis Honorio; Vivaldo Silveira Junior [Orientador]; João Borges Laurindo; Marcos David Ferreira; Luis Augusto Barbosa Cortez; Jose Maria Monteiro Sigrist; Antonio Marsaioli Junior

School:Universidade Estadual de Campinas

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Resfriamento Alface Adsorção

ISBN:

Date of Publication:02/23/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.