Details

REFLETINDO O PROCESSO DE CRIAÇÃO DA APA DA LAGOAVERDE PELO OLHAR DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL

by Behling, Greici Maia

Abstract (Summary)
O presente trabalho, pré-requisito para o Mestrado em Educação Ambiental (EA), na Linha de Pesquisa EA e Manejo Costeiro Integrado, direciona-se para uma análise do processo de criação da Área de Proteção Ambiental (APA) da Lagoa Verde, partindo da sugestão de criação de uma Unidade de Conservação (UC) no município de Rio Grande, RS, até suacriação legal, em 2005. Trata-se de uma descrição deste processo e reflexão sobre a participação e o envolvimento da comunidade, o papel dos principais atores sociais envolvidos e os conflitos de uso existentes nessa área, trazendo à tona a importância da EA na concretização dos objetivos da UC. Justifica-se essa escolha por perceber-se que a área, embora de extrema importância para a região, não se consolidou de fato, mesmo depois de muitos anos de discussões e da criação legal. A pesquisa pode ser caracterizada como qualitativa, enfocando os sujeitos que construíram o processo nas instituições e aqueles que vivem a realidade local, por meio de uma abordagem de ?estudo de caso?. Para a obtençãodos dados, foi utilizada a análise teórico-documental, realizada por meio da consulta de material bibliográfico como atas, ofícios, relatórios e outros documentos existentes sobre o processo; e a entrevista semi-estruturada. Na análise dos dados foi utilizada a técnica denominada ?Análise de Conteúdo?, escolhida pela sua possibilidade de imersão e diálogo com o material da análise e também de compreensão construída através da escrita. O estudo direcionou-se para duas categorias principais. A primeira categoria, ?APA da LagoaVerde: entre a proposta de criação e a lei que a institui, um longo percurso?, apresenta as subcategorias Atores envolvidos no processo; Impactos e conflitos ambientais e Percurso do processo de criação. Nessa categoria, a reflexão dirige-se para o relacionamento entre o ser humano e o seu ambiente, passando pelos conflitos, pelos impactos, pela burocracia que muitas vezes impediu o andamento do processo e pela descrição da criação da APA da Lagoa Verde, identificando, ao longo dessa descrição, os principais atores sociais envolvidos. A segunda categoria, ?O envolvimento da comunidade no processo: participação popular e governança?, apresenta as subcategorias Participação, Responsabilidade pela preservação e fiscalização, Percepções a respeito da área e Informação, divulgação e educação ambiental, onde foi identificada a abertura para o envolvimento da comunidade no processo. Nessa categoria também foram identificadas aspercepções dos moradores com relação ao seu ambiente, ressaltando aspectos que podem ser aproveitados para a elaboração do Plano de Manejo da área. Finalmente, ressalta-se a necessidade de aproveitar a EA como mediadora do processo em sua continuidade, buscando o comprometimento dos indivíduos residentes no entorno da APA, já que são osprincipais responsáveis pela preservação do local por residirem lá, a partir de metodologias participativas; uma maior informação a respeito do local também se faz necessária e umtrabalho consistente de EA em todo o município para deixar claro a importância da área na qualidade de vida da população e na manutenção da biodiversidade da região.
Bibliographical Information:

Advisor:Norton Mattos Gianuca; Maria do Carmo Galiazzi; Milton Lafourcade Asmus

School:Fundação Universidade Federal do Rio Grande

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:educação ambiental unidades de conservação participação popular environmental education units of conservation participation educacao

ISBN:

Date of Publication:08/21/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.