Details

?Recuso-me?! Ditos e escritos de Maria Lacerda de Moura ?Recuso-me?! Ditos e escritos de Maria Lacerda de Moura

by de Miranda, Jussara Valéria

Abstract (Summary)
A proposta dessa dissertação é discutir algumas concepções presentes no pensamento de MariaLacerda de Moura (1887-1945), tal qual a noção de ?objeção de consciência? e ?emancipação feminina?.Ativista durante as décadas de 1920 e 1930, Maria Lacerda declarou-se individualista, anti-social, anticlerical,anti-fascista, adepta do amor livre, da maternidade consciente e da emancipação da mulher emrelação ao homem e ao capital.No primeiro capítulo deste trabalho discuto a noção de ?objeção de consciência? nos escritos daautora. Proponho analisar o pensamento lacerdiano colocando-o em relação com as idéias libertárias.Através desse movimento, problematizo os temas debatidos por ela com vistas a entender sua visão demundo e perspectivas de mudança. No segundo capítulo, busco ressaltar o olhar de Maria Lacerda sobre acondição feminina em seu tempo, as imagens de mulher construídas naquele período, bem como as idéiasda autora acerca da ?emancipação feminina?.A documentação utilizada na pesquisa encontra-se no Arquivo Edgard Leuenroth da UNICAMP,no arquivo do Centro de Cultura Social de São Paulo, na Biblioteca Pública Municipal de São Paulo e noDicionário Histórico-Biográfico do(s) Anarquismo(s) no Brasil, apresentado como relatório de pesquisa àFAPEMIG. São livros, artigos, revistas e folhetos de Maria Lacerda de Moura, rebelde fortementeinfluenciada pelos pensamentos libertários e comprometida com a construção de novos parâmetros devida por meio de sua ação discursiva. A proposta dessa dissertação é discutir algumas concepções presentes no pensamento de MariaLacerda de Moura (1887-1945), tal qual a noção de ?objeção de consciência? e ?emancipação feminina?.Ativista durante as décadas de 1920 e 1930, Maria Lacerda declarou-se individualista, anti-social, anticlerical,anti-fascista, adepta do amor livre, da maternidade consciente e da emancipação da mulher emrelação ao homem e ao capital.No primeiro capítulo deste trabalho discuto a noção de ?objeção de consciência? nos escritos daautora. Proponho analisar o pensamento lacerdiano colocando-o em relação com as idéias libertárias.Através desse movimento, problematizo os temas debatidos por ela com vistas a entender sua visão demundo e perspectivas de mudança. No segundo capítulo, busco ressaltar o olhar de Maria Lacerda sobre acondição feminina em seu tempo, as imagens de mulher construídas naquele período, bem como as idéiasda autora acerca da ?emancipação feminina?.A documentação utilizada na pesquisa encontra-se no Arquivo Edgard Leuenroth da UNICAMP,no arquivo do Centro de Cultura Social de São Paulo, na Biblioteca Pública Municipal de São Paulo e noDicionário Histórico-Biográfico do(s) Anarquismo(s) no Brasil, apresentado como relatório de pesquisa àFAPEMIG. São livros, artigos, revistas e folhetos de Maria Lacerda de Moura, rebelde fortementeinfluenciada pelos pensamentos libertários e comprometida com a construção de novos parâmetros devida por meio de sua ação discursiva.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Christina da Silva Roquette Lopreato; Jacy Alves de Seixas; Ana Zandwais

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Maria Lacerda de Moura Emancipação feminina Objeção consciência História social Anarquismo e anarquistas Amor livre

ISBN:

Date of Publication:10/27/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.