Details

Reaproveitamento e caracterização dos resíduos orgânicos provenientes do Programa MESA DA SOLIDARIEDADE da CEASA/RN

by Dantas de, Priscila Vanini

Abstract (Summary)
No intuito de auxiliar no combate à fome, diminuindo o desperdício de alimentos e contribuindo para melhoria da qualidade de vida da população, a CEASA/RN lançou há dois anos (agosto/03) o programa MESA DA SOLIDARIEDADE. Apesar dos resultados positivos deste programa, que já distribuiu em média 226 toneladas de alimentos, ainda existe o descarte de alimentos no lixo, pois entregá-los na sua forma natural seria um risco à saúde de quem os consumisse, e apenas o processamento correto dos mesmos poderia viabilizar o seu consumo. Neste sentido, esse trabalho tem por objetivo apresentar alternativas de reaproveitamento dos resíduos sólidos de origem vegetal gerados pela CEASA/RN, por meio do Programa MESA DA SOLIDARIEDADE associado à caracterização do produto obtido para que o mesmo sirva como complementação mineral na alimentação humana. Para a coleta das amostras (setembro a dezembro de 2004), desenvolveu-se uma metodologia tendo como referência a necessidade diária de sais minerais para crianças de sete a dez anos. A amostra, acondicionada em sacos plásticos e transportada, a temperatura ambiente, para o laboratório, foi selecionada, pesada, higienizada, fracionada e submetidas à secagem à 70ºC em estufa. A amostra seca foi triturada e armazenada em vidros previamente esterilizados. A amostra in natura foi pesada, na mesma proporção da amostra inicial e foi triturada em um processador doméstico, obtendo-se uma massa uniforme. As análises físico-químicas foram realizadas, em triplicata, nas amostras in natura e no produto desidratado a base de vegetais, sendo analisados os seguintes parâmetros: pH, umidade, acidez e sólidos solúveis, conforme IAL (1985), teores de sais minerais (Ca, K, Na, Mg, P e Fe) determinados por espectrofotometria de Absorção Atômica, poder calorífico através de uma bomba calorimétrica e presença de coliformes fecais e E.coli através do método colilert conforme (APHA, 1995). No período estudado, o produto desidratado a base de vegetais apresentou, em média, 5,06% de umidade, 4,62 de pH, acidez de 2,73 mg de ácido cítrico/100g de amostra, 51,45ºBrix de sólidos solúveis. Cada 100g do produto desidratado apresentou 2.323,50 mg de K, 299,06 mg de Ca, 293,00mg de Na, 154,66 mg de Mg, 269,62 mg de P e 6,38mg de Fe. O produto desidratado a base de vegetais possui poder calorífico de 3,691Kcal/g (15,502KJ/g) e está livre da contaminação por coliformes fecais e E.coli. O produto farináceo desenvolvido nesta pesquisa apresentou características satisfatórias quanto à sua conservação, possuindo baixas calorias, constituindo-se de uma boa fonte de potássio, magnésio, sódio e ferro, podendo ser utilizado como complemento alimentar desses sais minerais
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Josette Lourdes de Sousa Melo; Fabíola Gomes de Carvalho; Marta Suely Madruga; Ana Vladia Bandeira Moreira; Maria de Fátima Dantas de Medeiros

School:Universidade Federal do Rio Grande do Norte

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Resíduos orgânicos Reaproveitamento Produto desidratado e complementação alimentar ENGENHARIA QUIMICA

ISBN:

Date of Publication:12/14/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.