Details

A RACIONALIDADE PEDAGÓGICA NO PROCESSO DE CORPORIFICAÇÃO DO CURRÍCULO QUE FORMA O PROFESSOR NA UNIVERSIDADE. Pedagogic rationality in the process of corporation of the curriculum that forms the professor in the university

by Campani, Adriana

Abstract (Summary)
Apresentamos, nesse estudo, uma reflexão sobre a racionalidade pedagógica que produz a formação do professor na Universidade a partir de uma análise sobre o processo de corporificarão dos currículos das licenciaturas no contexto de reforma curricular da Universidade Estadual Vale do Acaraú, situada em Sobral-CE. Analisamos os elementos constituídores dessa racionalidade a partir das formas de subjetivação docente, produzidas pelo discurso pedagógico presente nas políticas de formação do professor nas licenciaturas no Brasil e no processo de corporificação dos currículos desses cursos no contexto de reforma curricular institucional. Defendemos a tese de que a racionalidade pedagógica produzida no processo de corporificarão dos currículos das licenciaturas na Universidade institui regras e modelos de ser e de conhecer do professor, é histórica, regionalizada e produzida no campo de luta e produção cultural; portanto, ela é uma epistemologia socialmente construída. Com base em nossos estudos teóricos, compreendemos que o discurso pedagógico sobre a formação do professor é uma prática que envolve poder-saber e técnicas de efeitos produtivos e práticos sobre os sujeitos e objetos. É um discurso que disputa formas de subjetividades e demarca diferenciações, presenças, exclusões, saberes e verdades acerca do como pensar, ser e agir do docente. Identificamos esses ?dispositivos? no discurso oficial das Diretrizes Curriculares para formação de professores, que estipula regras de poder que normatiza verdades sobre os professores e sua existência e produzem formas de saberes que disputam modelos hegemônicos de subjetivação docente, cujo poder de regulação está no papel que o próprio docente passa a exercer quando sua competência é vinculada a desenvolver formas inventivas para o seu próprio aprisionamento. No entanto, a análise sobre a recontextualização desse discurso no contexto da prática de reforma curricular identificou campos discursivos de novas relações de saber-poder instituídas para resistir a essa regulação. Constatamos que as decisões curriculares nas licenciaturas da UVA foram frutos de relações conflituosas que disputaram território, identidade, autonomia e autoridade curricular com o conhecimento pedagógico na formação do professor e a racionalidade pedagógica produzida no processo de reforma emergiu das condições institucionais, a partir das quais houve interesse de mudança, mas também de regulação. Além disso, entende-se que o conhecimento corporificado no currículo é tanto o resultado de relações de poder quanto o constituidor das mesmas. A contribuição dessa pesquisa é fornecer elementos para compreender que a racionalidade pedagógica que forma o professor na universidade se estrutura em um processo arenoso de disputa de subjetividade docente.
Bibliographical Information:

Advisor:Ana Maria Iorio Dias; Antonio Flávio Barbosa Moreira; Isabel Maria Sabino de Farias; Luiz Botelho de Albuquerque; Jacques Therrien

School:Universidade Federal do Ceará

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:curriculo reforma educacional racionalidade pedagógica currículo formação de professores educational reform pedagogic rationality curriculum professor?s background universidade estadual vale do acaraú currículos mudança sobral ce ensino

ISBN:

Date of Publication:01/07/2008

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.