Details

"Quero ser cidadão": o indivíduo com trissomia do 21 e a educação: seus dizeres e estratégias, novos paradigmas para a inclusão

by Cálippo Chuffi, Fátima Cristina

Abstract (Summary)
Esta dissertação está vinculada a duas linhas de pesquisa: Processos e Métodos Pedagógico-Didáticos e Educação, Cultura e Poder. Objetivou analisar, no discursode sujeitos com Síndrome de Down, de sua família e de pessoas intimamente ligadas ao seu cotidiano, as estratégias por eles usadas para que a inclusão fosse uma prática no processo educativo desses indivíduos com Síndrome de Down.Realizou-se a pesquisa aqui apresentada, que é de natureza qualitativa, nos municípios de Brusque e Florianópolis e em mais duas cidades, uma do Estado de Santa Catarina e outra do Rio de Janeiro. Colheram-se os dados por meio deentrevista informal, grupal e entrevista narrativa (depoimento via internet) aplicada a uma amostra composta por 10 pessoas, sendo elas 5 indivíduos com Síndrome de Down e 5 do seu círculo de vivência, a saber: um pai, duas mães, uma professora e um diretor cinematográfico. Por meio deste constructo que foi a coleta de dados, a seleção das falas a serem recortadas e sua posterior análise, teve-se a oportunidade de detectar estratégias adotadas pelos indivíduos desta pesquisa com relação a sua inclusão na sociedade por meio da Educação, sendo esta na Escola ou eminstituições alternativas que propiciaram o convívio social. Que contribuições os mesmos puderam dar com relação a estratégias adotadas por si, suas famílias e estabelecimentos que os receberam. O arcabouço teórico foi, entre outros, a filosofia de Vygotsky, que deu amparo na área da psicologia; Stainback e Stainback (1999), Mantoan (2006) e Mittler (2003), os novos pensadores da inclusão; Goffman (1988)e Silva (2004), na linha da sociologia. A pesquisa permitiu identificar estratégias vindas de três pontos: da família, dos próprios sujeitos com Síndrome de Down e da Escola onde se inseriram. As famílias buscaram as estratégias, sobretudo, dasuperação das deficiências iniciais no âmbito físico-orgânico e do preconceito presente na sociedade; no indivíduo com Síndrome de Down, as estratégias foram a busca de modelos na coletividade, aprendizagem-crescimento-transformação-aprendizagem; na escola, houve a busca de novos métodos e de conhecimentos especializados (professores e coordenadores), colaboração instintiva (merendeira,jardineiro) e adaptação (forma de avaliação e estimulação paralelas
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Gilson Ricardo Medeiros Pereira; Julianne Fischer; Laura Ceretta Moreira

School:Universidade Regional de Blumenau

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:indivíduos com síndrome de down educação, sociedade EDUCACAO

ISBN:

Date of Publication:08/23/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.