Details

Produtividade e valor nutritivo de genótipos de alfafa sob pastejo.

by Otani, Lyssa

Abstract (Summary)
A necessidade da redução do custo de produção animal nas propriedades rurais está se tornando crucial para a sobrevivência destes no mercado. Para a geração de alternativas viáveis de redução de custo é necessária a intensificação das pesquisas nos pontos de estrangulamento dos sistemas de produção animal baseados em pastagens. O uso de espécies de alto potencial forrageiro como a alfafa (Medicago sativa L.), pode ser uma opção para melhorar a produtividade de forragem e o desempenho animal, pois estes são capazes de associar elevada produção ao alto valor nutritivo. De março de 2001 a fevereiro de 2002, foi estudado o efeito do método de pastejo sobre a produtividade e o valor nutritivo de cinco genótipos de alfafa com aptidões contrastantes. O experimento do tipo ?mob-grazing? foi realizado em área do Departamento de Zootecnia da ESALQ/USP, em Piracicaba, SP. O delineamento experimental foi o de blocos completos casualizados, com parcelas subdivididas (split-plot), com 10 tratamentos e seis repetições. Nas parcelas foi alocado o fator de tratamento relativo ao método de pastejo (?lotação contínua?, simulada por desfolhas semanais, e ?lotação rotacionada? com desfolha a cada 4 semanas na primavera-verão e a cada 6 semanas no outono-inverno). Nas sub-parcelas foram alocados os cinco genótipos de alfafa com diferentes aptidões agronômicas em termos de dormência, procedência e tolerância ao pastejo (ABT-805, Alfagraze, Crioula, CUF-101 e Pioneer 5432), submetidos a 295 dias de pastejo e sob irrigação. ABT-805 foi o genótipo mais produtivo sob lotação contínua (26,6 Mg MS ha -1 ) e no pastejo rotacionado (18 Mg MS ha -1 ). Alfagraze, apesar de ser um dos menos produtivos no pastejo rotacionado (13,3 Mg MS ha -1 ) apresentou semelhante produtividade ao ABT-805 no pastejo sob lotação contínua (26,3 Mg MS ha -1 ano -1 ). Pioneer 5432 situou-se numa condição intermediária, com uma produção total de forragem de 24,3 e 15,3 Mg MS ha -1 sob lotação contínua e rotacionada, respectivamente. O valor nutritivo da planta inteira mostrou variação em função ao método de pastejo, enquanto que entre os genótipos que não se verificou diferença. O método de lotação contínua apresentou valores superiores de proteína bruta (PB) e digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS) (349 e 810 g kg -1 , respectivamente) em comparação a lotação rotacionada (238,5 e 757,8 g kg -1 , respectivamente). Os teores de fibra apresentaram comportamento inverso, sendo que a lotação continua foi inferior (240 g kg -1 fibra em detergente neutro, FDN, 182 g kg -1 fibra em detergente ácido, FDA e 34,9 g kg -1 lignina) à lotação rotacionada (325 g kg -1 FDN, 255 g kg -1 FDA e 50,6 g kg -1 lignina). A haste apresentou o mesmo padrão na composição químico-bromatológica que a planta inteira, onde o método de lotação contínua apresentou respostas superiores às da lotação rotacionada. A folha foi a fração que apresentou maiores variações nos teores de PB, FDA e lignina além da DIVMS em função dos parâmetros experimentais estudados (método de pastejo, estação e genótipo). ABT-805 e Alfagraze são os que apresentaram maiores produtividades com adaptação moderada ao pastejo nas latitudes tropicais do Brasil Central, mas para o seu sucesso deve-ser relevar as condições climáticas e do método do manejo do pastejo.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Carlos Guilherme Silveira Pedreira; Luiz Gustavo Nussio; Ricardo Andrade Reis; Carlos Guilherme Silveira Pedreira

School:Universidade de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords: alfafa genótipos morfologia vegetal pastejo.

ISBN:

Date of Publication:07/29/2003

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.