Details

Poli (epicloridrina) : sintese e carcterização

by Seiblitz Guanaes, Danielle Ladeira

Abstract (Summary)
Uma das alternativas muito estudada para obtenção de propelentes com uma maior energia é a da utilização de polímeros energéticos. Nesta linha de pesquisa, diversos estudos têm sido desenvolvidos com o polímero de glicidil azida, Glycidyl Azide Polymer (GAP). A sua síntese envolve a polimerização da epicloridrina seguida pela azidação, onde os átomos de cloro são substituídos por grupos azido. As hidroxilas livres que possibilitam a cura do GAP durante o processamento do propelente provem da poli(epicloridrina) (PECH). Assim, um dos objetivos deste trabalho foi a identificação de uma rota de síntese que gerasse uma PECH com terminação hidroxila. Para obtenção desse polímero, a polimerização catiônica por abertura de anel da epicloridrina deve ser conduzida na presença de um álcool, iniciador, e uma ácido de Lewis. De acordo com a literatura, as condições da polimerização, tais como velocidade de adição do monômero, temperatura e iniciador, podem influenciar algumas das propriedades do produto final. Por meio da utilização de um planejamento fatorial 23 foi verificado a influencia das condições de polimerização na massa molar e na polidispersividade do produto final. Os métodos utilizados neste estudo foram: espectrometria no infravermelho com transformada de Fourier (FT-IR) para determinação das ligações químicas, espectrometria em massa (MS) MALDI-TOF para unidade repetitiva e grupo terminal e cromatografia de permeação em gel (SEC) para massa molar e polidispersividade
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Edison Bittencourt; Edison Bittencourt [Orientador]; Lucia h. Innocentini Mei; Rita de Cassia Lazzarini

School:Universidade Estadual de Campinas

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:polimerização

ISBN:

Date of Publication:07/16/2004

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.