Details

Perfil protéico da membrana externa da Leptospira interrogans sorovariedade hardoprajitino.

by Lafeta, Barbara Nobre

Abstract (Summary)
Este trabalho teve como objetivo estudar o perfil das proteínas da membrana externa (PMEs) da Leptospira interrogans sorovariedade hardjoprajitno por meio da eletroforese uni e bidimensional e testes de Western blot. Foram utilizadas técnicas de extração da membranaexterna com Triton x114 e precipitação das proteínas com acetona. As imagens foram analisadas pelo programa de computador Gel-Proanalyze 3.1. (MediaCybernetics®) para determinação da massa molecular das proteínas detectadas nos géis bidimensionais e nasmembranas de nitrocelulose. Na eletroforese unidimensional foram visualizadas 14 bandas de proteína, sendo que quatro delas, de massas moleculares eqüivalentes a 63 KDa (LipL63), 47 KDa (LipL48), 29 KDa (LipL32) e 22 KDa (LipL22/Loa22), apresentaram-se como os principais componentes das proteínas de membrana externa. Nos géis de eletroforese bidimensional foram visualizadas 35 bandas de roteínas que predominam na membrana externa dessa leptospira, sendo que cinco delas se destacaram como de maior intensidade: 22,54 KDa(LipL22), 30/26 KDa (LipL32), 34,41 KDa (PME34), 42,75 KDa (LipL41) e 58,59 KDa (LipL63).. A eletroforese bidimensional mostrou-se com maior poder de resolução para separação das PMEs em comparação com a eletroforese unidimensional. Os testes de Western blot realizados com soros de coelhos hiperimunizados identificaram nove proteínas reagentes nos soros dos coelhos de massas moleculares de 51,1 KDa, 36 KDa, 27 KDa, 24,5 KDa, 20,5 KDa, 17,7 KDa e 14 KDa. Em soros de bovinos apenas duas proteínas modularam a resposta imune desses animais com pesos aparentes de 47 KDa (Pme45) e 29 KDa (LipL32). A diferença encontrada nos resultados dos soros de bovinos naturalmente infectados em relação aos resultados encontrados nos soros dos coelhos hiperimunizados podem ser atribuídas às diferenças de patogenicidade das amostras de Leptospiras que infectaram esses animais. As amostras que infectaram os bovinos estavam se mantendo na natureza, enquanto as amostras que foram utilizadas para produzir o soro hiperimune tem sido mantidas em laboratório a muito tempo.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Nivaldo da Silva; Romulo Cerqueira Leite; Otto Domenici Mozzer

School:Universidade Federal de Minas Gerais

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:leptospira identificaã§ã£o teses proteã­nas da membrana eletroforese

ISBN:

Date of Publication:02/01/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.