Details

SUBSÍDIOS PARA O PLANEJAMENTO DO BALNEÁRIO DO MAR GROSSO, SÃO JOSÉ DO NORTE, RS: AVALIAÇÃO DE ASPECTOS GEOMORFOLÓGICOS E MORFODINÂMICOS COM AUXÍLIO DE GEOTECNOLOGIAS.

by Oliveira de, Allan de

Abstract (Summary)
A costa oceânica do Rio Grande do Sul é dividida em três setores: norte, central esul. O município de São José do Norte, o qual faz parte da costa central, possui um pequeno balneário com reduzida urbanização, o Mar Grosso. Entretanto algumas alteraçõesambientais são detectadas como a construção de residências e a deposição de resíduos sólidos urbanos sobre as dunas frontais. Para que estes problemas não se tornem umabarreira para a expansão do Mar Grosso, faz-se necessário um planejamento corretivo e preventivo, a fim de criar condições para um desenvolvimento sustentável. Neste enfoque,foi realizado um estudo sobre os aspectos morfológicos do sistema praia-duna ao longo de 11 km da costa de São José do Norte, através de perfis praias mensais durante um ano.Utilizando-se técnicas específicas de SIG foram selecionadas áreas aptas à instalação de um aterro sanitário no município devido à deposição irregular de lixo sobre as dunas e foramanalisadas as atratividades e restrições quanto à expansão do Mar Grosso. Os resultados obtidos através de perfis praias mensais mostraram que variações volumétricas e morfológicas aumentam à medida que ocorre uma aproximação do molhe leste como uma função de concentração de energia de ondas e a padrões de circulação associados ao molhe, que induzem uma concentração de sedimentos mais grosseiros na praia. A variação das dunas foi mínima, somente na primavera e verão quando os ventos favoráveis ao transporte de areia são mais freqüentes e intensos, é que foram observadas variaçõessignificativas. A análise em SIG mostrou que existem três locais aptos a instalação de um aterro sanitário, que totalizam 1.405 hectares, sendo áreas com baixa vulnerabilidaderelativa e de criticidade de gestão, afastadas da orla marítima. A utilização de sistemas de apoio à tomada de decisão em SIG mostrou ser uma ferramenta importante a fim de gerar um mapa com maior e menor atratividade a expansão do balneário do Mar Grosso. Critérios como proximidade da linha de costa oceânica e da sede do balneário foram os principais fatores utilizados como atrativos para o desenvolvimento do Mar Grosso. A integração desteestudo permitiu a elaboração de um mapa com as áreas de maior atratividade para expansão do balneário, as áreas protegidas por algum dispositivo legal, além das áreas deinteresse para o zoneamento do complexo portuário em São José do Norte, uma nova perspectiva que surge no município.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Carlos Roney Armanini Tagliani; Luiz Liberato Cavalcanti de Albuquerque Tabajara; Heinrich Hasenack; Lauro Júlio Calliari

School:Fundação Universidade Federal do Rio Grande

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Balneário do Mar Grosso planejamento ambiental gerenciamento costeiro

ISBN:

Date of Publication:12/19/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.