Details

O vivido, o possível e o catártico: para uma abordagem vigotskiana do estudo de representações sociais em textos artísticos

by Ernica, Mauricio

Abstract (Summary)
Este trabalho tem por objetivo a proposição de procedimentos teórico-metodológicos inspirados, sobretudo, na obra de Vigotski e que sirvam para o estudo de representações sociais veiculadas em textos artísticos. Esses procedimentos visam compreender, no movimento da sociedade, três dimensões da vida sociocultural: as estruturas sociais não-verbais; os textos artísticos; e os processos psicológicos relacionados à representação artística do mundo.Com base na obra desse autor (Vigotski: 1925a, 1925b e 1934), consideramos que as estruturas e os processos psicológicos especificamente humanos se formam pela generalização, em categorias sociais, de experiências vividas. Os sujeitos podem se apropriar dessas categorias, desenvolvendo assim seus mecanismos auto-reflexivos. Entretanto, nem todos os aspectos dessas vivências chegam a se generalizar. Por isso, ao lado da vida psíquica socialmente formada, existiriam outras experiências que permaneceriam como resíduos inconscientes, embora atuantes. Esses conteúdos residuais pressionam o psiquismo formado e, uma vez que elas são socialmente formadas, transformam as estruturas anteriores incorporando ao fluxo da existência outros meios de vida.Uma das principais características dos textos artísticos é que eles liberariam os humanos do agir ordinário e permitiriam a emergência para os outros e para o próprio sujeito desse universo residual constituído pelos vividos possíveis e não realizados. A característica interna da obra de arte que proporciona essa emergência e formalização seria o jogo tenso entre sua forma e seu conteúdo, que conduziria à catarse, o núcleo da reação estética.A idéia central, portanto, é que os textos artísticos permitiriam a construção de representações conscientes sobre os grotões de vida possível e não realizada, sobre a vida que permanece ? por detrás do vivido ? como energia bloqueada e como resíduo que pede (como negação daquilo que o nega) para vir ao mundo como nova forma de vida; portanto, como desenvolvimento humano. Pela arte, então, os humanos construiriam representações daquilo que eles podem ser ? ou ao menos daquilo que eles sentem que necessitam ser
This document abstract is also available in French.
Bibliographical Information:

Advisor:Anna Rachel Machado

School:Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:LINGUISTICA APLICADA Arte e sociedade Representações sociais Representacao social -- Brasil Analise do discurso

ISBN:

Date of Publication:06/09/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.