Details

O tratamento da dor crônica na minha biografia: um estudo sobre a compreensão psicológica da adesão ao tratamento na Clínica de Dor

by Loduca, Adrianna

Abstract (Summary)
O objetivo deste estudo foi o de compreender a inserção da dor crônica na história departicipantes de um programa psicoeducativo de abordagem psicodramática (PAP), na buscade indicadores que auxiliassem na compreensão da adesão aos tratamentos propostos naClínica de Dor. A opção de se trabalhar com pacientes que se submeteram ao PAP deveu-seao fato de, no programa, serem contempladas variáveis, como regime de tratamento efluência dos canais de comunicação entre a equipe e o paciente. Dessa forma, favoreceu aidentificação de outros aspectos que puderam ampliar a compreensão da adesão. Tratou-sede uma pesquisa qualitativa realizada em duas etapas: percurso de cada integrante no PAP,e reencontro, dois anos depois, para follow-up e caracterização do momento presente devida (sessão de grupo e entrevistas individuais). Procurou-se compreender como a dor seinseriu na história de vida dos pacientes, bem como identificar elementos pregressos eatuais, passíveis de interferência na adesão ao tratamento. Fizeram parte destainvestigação, seis mulheres e um homem, com média de idade de 45 anos, que conviviam comquadros de dor há aproximadamente quatro anos. No follow-up, utilizaram-se comoindicadores de êxito do PAP os estágios de prontidão para mudança, os padrões de convíviocom a dor e a análise dos objetivos pessoais, tendo-se verificado que as conquistas obtidascom o programa permaneceram, sendo as instabilidades atuais atribuídas a contingênciasdiárias e/ou dificuldades pessoais. Diferentemente do início do PAP; os objetivos pessoaisnão se restringiam ao convívio com a dor ou ao tratamento adotado. A análise da história devida e da atual permitiu compreender a adesão como um conceito que se estrutura a partirda composição de diferentes relativos ao indivíduo; às condições físicas e ambientais.Conclui-se que a adesão deve ser compreendida como uma postura que se construída aolongo da biografia de cada um. Sem se poder medi-la ou desconsiderar a narrativa dopaciente. A adesão parece ser mais uma ideologia, ou seja, a expressão de fatos(psicológicos, sociais e econômicos) que não costumam ser reconhecidos comodeterminantes no tornar-se aderente. Dessa forma, por mais que os programaspsicoeducativos a favoreçam, não garantem mudanças definitivas nem impedem possíveisrecaídas, caso não sejam trabalhadas, concomitantemente, variáveis individuais (asnecessidades de cada participante), pois o núcleo de afeto básico de uma pessoafundamenta a maneira como ela vai interagir no mundo e cuidar de si
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Rosane Mantilla de Souza

School:Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Dor crônica Clinicas de dor -- Aspectos psicologicos Tratamento Psicodrama

ISBN:

Date of Publication:05/23/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.