Details

O preconceito no discurso gay

by Pedro, Roberto Cardoso

Abstract (Summary)
Este trabalho tem por objetivo investigar a existência ou não do preconceito, acerca da orientação sexual, no discurso gay. Como instrumento de análise, para a condução da pesquisa, tomamos como suporte: a teoria da argumentação de Chaïm Perelman, a teoria polifônica da enunciação de Oswald Ducrot e a teoria dos agentes verificadores de verdade de Alain Berrendonner. Para tratar do problema específico da designação, buscamos suporte em Kanavillil Rjagoplan. Inicialmente, apresentamos um percurso histórico sobre a homossexualidade, de modo geral; com ênfase na história da mesma em nosso país. Em seguida, subsidiados pela Psicologia Social, explicamos os termos preconceito, estereótipo e discriminação. Discutimos, em seguida, como uma primeira forma de preconceito, o caso da designação. Posteriormente, definimos o que chamamos de discurso gay. Na análise propriamente dita do corpus, começamos identificando o auditório do discurso gay e, posteriormente, os valores que sustentam a argumentação nesse discurso. Ao identificarmos as vozes que se fazem ouvir no discurso gay, propomos uma associação entre os conceitos de auditório e polifonia. Por fim, analisamos a existência dos diversos tipos de preconceito que são veiculados através das vozes que se fazem ouvir no discurso gay.
This document abstract is also available in French.
Bibliographical Information:

Advisor:Junia Diniz Focas; Glaucia Muniz Proenca Lara; Carlos Eduardo de Ataide Castro; Sonia Maria de Oliveira Pimenta

School:Universidade Federal de Minas Gerais

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Análise do discurso Teses Homossexualismo masculino Brasil Minorias. Estereótipo (Psicologia) Teses.

ISBN:

Date of Publication:09/01/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.