Details

O observador no campanário - Mentalidade Religiosa no século XII e o florescer do gótico na Abadia de Saint-Denis

by Menezes, Milton Campos

Abstract (Summary)
Alguns historiadores consideram o século XII como o da ?pequena renascença medieval?, palco que foi de um significativo florescimento cultural: época de origem das primeiras universidades européias; da intensificação do comércio; do espocar de cidades e reativação da vida urbana; da retomada dos clássicos e poesia latinos; da revivescência das Leis Romanas; da emergência de autores da Antigüidade há muito esquecidos, redescobertos nos centros tradutores do Islã; do surgimento da literatura vernacular, do método escolástico, da lírica do amor cortês, da mulher enquanto tema e musa, do culto mariano, da polifonia e de métodos inovadores de cultivo; época do apogeu da Arte Românica e do nascimento do Gótico, logo espraiado pela Europa inteira. Pensamos que nos bastidores dessas insurgências, esteja a mentalidade corrente no medievo, dificilmente discernível de uma mentalidade religiosa propriamente dita, dada a imensa importância política e social da Igreja no seio da sociedade e de uma religiosidade que se fazia sempre presente no desenvolvimento de quaisquer atividades cotidianas. Objetivamos demonstrar que tal mentalidade, no século XII, sofreu alterações significativas, que por sua vez abriram caminho para as novas manifestações culturais acima citadas. Entre os elementos que teriam contribuído para modificá-la, destacamos o fenômeno da expansão européia, através de movimentos como o da Reconquista da Espanha, das Cruzadas ou da retomada do comércio interno e externo. O alargamento das fronteiras ocidentais, segundo nossa hipótese, permitiu a ampliação da restrita noção de espaço dos cristãos do Ocidente medieval, colocando-os em contato com a imensidão do mundo e a diversidade de povos, dando um novo matiz à mentalidade vigente, tornando-a gradativamente mais suscetível ao mundano e à natureza concebida pelo Criador, sobre a qual passaram a raciocinar, buscando, inclusive, compreender seu mecanismo oculto de funcionamento. Essa nova vivência do espaço vivido, fortemente calcada nos apelos do mundo sensível, colocou em destaque o papel humano na obra da Criação, contribuiu para fortalecer a percepção do Homem como indivíduo e enfatizou o pensar racionalista, matemático, enquanto caminho para compreensão da Razão Divina, sustentáculo invisível da Natureza que descobriam. Tal postura investigativa favoreceu o desenvolvimento do pensamento científico que vigorou nos séculos vindouros, bem como do Humanismo que marcou intensamente o período Renascentista
Bibliographical Information:

Advisor:Waldecy Tenório de Lima

School:Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:ciencias sociais aplicadas século xii mentalidade gótico abadia de saint denis abbaye frança religião história 12 arte e

ISBN:

Date of Publication:09/15/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.