Details

O limite anterolateral do lobo occipital: estudo anatômico e emneuroimagem

by Correa dos, Cassius Vinicius

Abstract (Summary)
Introdução: A localização precisa de lesões cerebrais é facilmente executada nos lobos frontal, porções anteriores dos lobos temporal e parietal, insula e porção posterior do lobo occipital (LO). O mesmo não ocorre com as lesões das porções posteriores dos lobos temporal e parietal e com aquelas da porção anterior do LO. Com o objetivo de se encontrarem referências anatômicas mais precisas, o limite anterolateral do lobo occipital (At-LO) foi estudado em peças anatômicas e em neuroimagem. Métodos: Dez segmentos cefálicos de cadáveres humanos fixados em formalina e injetados na rede vascular foram usados. Craniotomia temporoparieto-occipital bilateral foi feita e medidas realizadas: (1) plica tentorial préoccipital(PTPO) à junção entre a sutura lambdóide e a borda superior do sulco do seio transverso (PTPO-SL); (2) PTPO ao ângulo sinodural (PTPO-PP); (3) lâmbda ao sulco parieto-occipital (L-SPO) e (4) incisura pré-occipital (IPO) àterminação da veia de Labbé na margem inferior do lobo temporal. Trezentos e cinqüenta e cinco exames de tomografias computadorizadas (TC) e duzentos e quatro exames de ressonâncias magnéticas do encéfalo (RM) normais foram estudados. As imagens axiais dos exames foram usadas para determinar a IPO assim como a inserção óssea da PTPO (PO). As relações da veia de Labbé (VL) com o At-LO foram também estudadas. Resultados: Uma prega da dura-máter sobre o seio transverso (PTPO) foi encontrada no tentório de todos os espécimes. A PTPO apresentava relação direta com a IPO e estava inserida à uma protuberância óssea na parede craniana lateral (PO). As distâncias encontradas foram: (1) PTPO-SL 6,5mm (±6,4mm SD); (2) PTPO-PP 18,1mm (±7,8mm SD); (3) L-SPO 10,8mm (±5mm SD) e (4) 8,8mm (±10,1mm SD). A PO e/ou IPO foram identificadas em 60,3%das imagens de TC e 90.5% das imagens de RM. A VL foi encontrada em 77,7% das imagens de RM junto à IPO. Conclusões: As referências ósseas (astério, lâmbda e PO), dural (PTPO) e vascular (VL) podem ser usadas para identificar o At-LO em neuroimagem e acessos cirúrgicos.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Sebastiao Nataniel Silva Gusmao; José Alberto Landeiro; Atos Alves de Souza

School:Universidade Federal de Minas Gerais

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Lobo occipital/cirurgia DeCS occipital/anatomia & histologia Mapeamento encefálico/métodos Procedimentos neurocirúrgicos/tendências Neuroanatomia Diagnóstico por imagem

ISBN:

Date of Publication:07/02/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.