Details

O espaço autobiográfico em Yukio Mishima

by Oliveira Lee, Henrique de

Abstract (Summary)
Este trabalho propõe uma leitura de dois livros do escritor japonês Yukio Mishima, Confissões de uma máscara, de 1949, e Sol e aço, de 1968, baseada no conceito de "espaço autobiográfico" formulado por Philippe Lejeune. Após uma breve apresentação da obra de Mishima, são analisadas as modalidades de contratos de leitura presentes nestes livros, destacando existência de "pactos autobiográficos" e "pactos fantasmáticos". Estavelecem-se também correlações da teoria de Lejeune com o conceito de "função-autor" de Michel Foucalt, e com algumas perspectivas da antropologia literária de Wolfgang Iser. Ao fim, lança-se a hipótese de que o livro Sol e aço pertença ao gênero dos "auto-retratos literários" tal como foi descrito por Michel Beaujour.
Bibliographical Information:

Advisor:Reinaldo Martiniano Marques; Eneida Maria de Souza; Marília Rothier Cardoso; Haydee Ribeiro Coelho

School:Universidade Federal de Minas Gerais

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:mishima yukio 1925 1970 confissãµes de uma mascara critica e interpretaã§ã£o teses sol aã§o lejeune philippe 1938 beaujour michel autobiografia na literatura historia eu em ficã§ã£o autobiogrã¡fica histã³ria crã­tica

ISBN:

Date of Publication:02/12/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.