Details

Neipseria meningitedis no Brasil: implantação de novo método para diagnóstico molecular e caracterização genética por Multilocus Sequence Typing - MLST

by Victorio de, Ivano Raffaele

Abstract (Summary)
A doença meningocócica no Brasil nos últimos 10 anos tem apresentado características endêmicas e alta taxa de letalidade. Em alguns estados, como no Rio de Janeiro, dados recentes mostram um aumento de 100% na taxa de letalidade, embora o número de casos se mantenha no nível esperado para o período. Essa alta letalidade, aliada à ocorrência de surtos epidêmicos por todo o país, nos levou a analisar isolados de diferentes regiões brasileiras, através do método do Multilocus Sequence Typing (MLST), para detectar clones associados à virulência. Esse método foi considerado o padrão-ouro para a determinação de clones epidêmicos e hipervirulentos em populações de Neisseria meningitidis. Após o sequenciamento de sete genes chamados ?housekeeping? que codificam para enzimas constitutivas e submissão das sequências em um banco de dados internacional, novos ?Sequence Types? (STs) foram determinados ou associados a um ST já descrito. Nosso objetivo foi analisar 84 cepas isoladas em 4 estados brasileiros no período de 1999 a 2003 para avaliar não só a evolução genética deste microrganismo no Brasil e a presença de possíveis clones epidêmicos e hipervirulentos, mas também mudanças em sua diversidade genética e nos padrões epidemiológicos após as campanhas de vacinação tanto para as cepas dos sorogrupos A e C, quanto para as cepas do sorogrupo B, contra as quais as vacinas disponíveis não têm apresentado a resposta desejada. Os resultados obtidos pelos métodos do Multilocus Enzimático (MEE) e do MLST mostraram a presença de 4 complexos clonais hipervirulentos e de novos clones, a maioria associada a clones hipervirulentos. A prevalência do ST-639, associado ao clone hipervirulento ST-32/ET-5, e de cepas associadas ao complexo clonal ST-11/ET-37, é motivo de preocupação, pois esses complexos clonais já foram detectados em surtos em outros países, apresentando altas taxas de letalidade. A associação desses clones aos sorogrupos B, C e W135 e o aumento desses sorogrupos registrados nos últimos anos, são mais um fator de alerta para a necessidade de um controle eficaz da doença meningocócica no Brasil. O desenvolvimento de um método molecular mais sensível e específico para o diagnóstico da doença meningocócica, diretamente de material clínico, com diagnóstico negativo pelos métodos laboratoriais convencionais, foi descrito e está sendo proposto como ferramenta auxiliar no diagnóstico rápido dessa doença, que pode matar em poucas horas após o aparecimento dos primeiros sintomas.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Ana Carolina Paulo Vicente; Hooman Momen

School:Faculdades Oswaldo Cruz

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:neipseria meningitedis multilocus sequence typing mlst diagnóstico molecular métodos do enzimático mee neisseria meningitidis diagnosis enzyme electrophoresis bacterologia

ISBN:

Date of Publication:05/31/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.