Details

Nanoestruturas formadas por redes orgânicas covalentes

by Lino, Maurisan Alves

Abstract (Summary)
Neste trabalho, aplicamos cálculos de primeiros princípios baseados na Teoria do Funcional da Densidade (DFT) para investigar propriedades eletrônicas e estruturais de redes orgânicas covalentes (COF's). Essas estruturas foram recentemente obtidas experimentalmente, e representam uma nova classe de nanoestruturas porosas compostas apenas por elementos leves (átomos de  H, C, B e O). A rede covalente define uma estrutura tipo grafite com poros de tamanhos entre 15-30 A. Mostramos que as energias de gap desses materiais dependem das moléculas que funcionam como as unidades básicas para formar a rede.  Investigamos  também a estabilidade energética de nanotubos e fullerenos baseados nesses compostos. Os nanotubos são obtidos pelo dobramento de folhas de COF's, e a estabilidade deles é determinada pela comparação de suas energias de strain com nanotubos baseados em outros elementos, tais como carbono, GaS e GaSe, e com energias de superfície de fitas de COF's. Além disso, mostramos que um fullereno baseado em COF, com diâmetro em torno de 40 A, pode também ser estável. Empregamos a implementação SIESTA do DFT, a qual faz uso de pseudopotenciais e uma base composta de pseudo orbitais atômicos de alcance limitado.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Mario Sergio de Carvalho Mazzoni; Rodrigo Gribel Lacerda; Simone Silva Alexandre

School:Universidade Federal de Minas Gerais

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Teoria funcional de densidade

ISBN:

Date of Publication:03/12/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.