Details

Mulher, desejo e morte: dramaturgia e sociedade no inseparável triângulo de García Lorca

by dos Passos, Simone Aparecida

Abstract (Summary)
Mulher, desejo e morte: dramaturgia e sociedade no inseparável triângulo deFederico García Lorca investiga os textos Bodas de Sangre (1933), Yerma (1934) eLa Casa de Bernarda Alba (1936) como expoentes de um discurso social eindividual do autor. Essa dramaturgia retoma a forma mítica de pensar o mundo, oconhecimento do sagrado primitivo e a experiência cíclica da natureza que o homemcarrega consigo, ainda que regras venham se sobrepor a essas experiências. A mulherapresentada em suas vivências, sensações e pensamentos é tomada como sujeito. Odramaturgo volta o olhar para o corpo feminino e dá voz a essa mulher que sente,vive e quer ser amada, livre das imposições alheias, regida por seus própriosimpulsos. Contudo, dentro da comunidade andaluza de que trata o texto, esse direitolhe é negado. Nessa organização, a mulher é confinada e ao mesmo tempodesprovida de espaço onde possa realizar-se em plenitude. A morte, então, revela-secomo uma forma de libertação das amarras sociais e morais que a aprisionam eparadoxalmente sufoca esse espírito de revolta dentro da obra.
This document abstract is also available in Spanish.
Bibliographical Information:

Advisor:Luiz Humberto Martins Arantes; Tânia Alice Feix; Irley Margarete Cruz Machado

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Morte Desejo Poesia espanhola - História e crítica Amor na literatura Mulheres Feminino

ISBN:

Date of Publication:02/18/2009

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.