Details

Morfologia, Hidrodinâmica e Sedimentologia da Plataforma Continental Brasileira Adjacente a São Bento do Norte e Caiçara Do Norte ? RN/NE Brasil

by Tabosa, Werner Farkatt

Abstract (Summary)
Esta Tese teve como principal objetivo a caracterização das diferentes formas de fundo, fácies sedimentológicas e forçantes hidrodinâmicas (ondas, correntes e marés) ao longo da Plataforma Continental Brasileira adjacente a São Bento do Norte e Caiçara do Norte-RN, extremo nordeste da Bacia Potiguar. Para entender a interação entre a morfologia e composição do fundo marinho com as forçantes hidrodinâmicas foram utilizadas diferentes ferramentas em macro- e meso-escala para imageamento do fundo marinho, tais como o processamento digital de imagens Landsat, batimetria de precisão, sonografia de alta resolução, até microescala para identificação dos sedimentos marinhos, tais como microscopia ótica e difração de raios-x, associados a aquisição in situ de parâmetros fisico-oceanográficos.A aplicação das técnicas de processamento digital de imagem associada a métodos acústicos possibilitou a identificação e quantificação das principais feições submersas nesta região: i) dunas longitudinais grandes a muito grandes 3D, ii) dunas transversais grandes a muito grandes 3D, iii)linhas de recifes a 10, 20 e 30 m de profundidade, iv) corpo arenoso marinho raso isolado, v) canal submarino proximo a costa, vi) delimitação de escarpa correlacionada ao Sistema de Falhas de Carnaubais e ao Alto de Touros. Diferentes fácies sedimentológicas foram mapeadas ao longo da área. O fácies areia siliciclástica ocorre na plataforma interna, passando transicionalmente para areias silicibioclásticas, biosiliciclásticas e bioclásticas na plataforma média. A presença de cascalho bioclástico é registradana plataforma externa. Os sedimentos finos estão restritos a bolsões próximos à costa e a partir da quebra do talude. Quartzo é o principal constituinte dos sedimentos siliciclásticos. Entre os argilominerais destacam-se a caulinita, ilita e esmectita (nesta ordem de abundância). Nossedimentos bioclásticos predominam filos das Classes Bivalvia, Gastropoda, Eurimastoda, Polichaeta, Crustacea e Anthozoa, além de fragmentos de algas calcárias e de crustáceos.O corpo arenoso marinho raso isolado interfere fortemente na circulação e sedimentação local. Enquanto a área mais rasa entre o corpo arenoso e o continente, apresenta correntes principais para norte, com menor dispersão e intensidade (0,23 m/s) e acumula sedimentos, na área externa aocorpo arenoso as correntes são predominantes para oeste, com maior dispersão e intensidade (0,45 m/s), O corpo marinho raso isolado impede a movimentação dos sedimentos para oeste, contribuindo negativamente para o balanço sedimentar costeiro e acentuando a erosão em áreas sob atuação da indústria petrolífera. A identificação de elementos geradores do desequilíbrio costeiro e causas da intensa erosão na região constitui-se em importantes subsídios para medidas efetivas de gestão ambiental em áreas de influência direta e indireta da indústria petrolífera, beneficiando diversos municípios do litoralNorte do RN
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Jorge Eduardo Lins Oliveira; Venerando Eustáquio Amaro; Helenice Vital; Pedro Walfir Martins e Souza Filho

School:Universidade Federal do Rio Grande do Norte

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Erosão Costeira Sensoriamento Remoto Monitoramento Ambiental

ISBN:

Date of Publication:

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.