Details

Morfologia, consequências do ataque de Lampetis nigerrima (Kerremans, 1897) (Coleoptera: Buprestidae) e poda de correção em clone de eucalipto

by Nadai, Janaína De

Abstract (Summary)
Foram desenvolvidos dois trabalhos, o primeiro com o objetivo de fornecer informações sobre os caracteres morfológicos utilizáveis na identificação de Lampetis nigerrima (Kerremans, 1897). O segundo, com o objetivo de avaliar os efeitos do ataque de L. nigerrima sobre eucaliptos com três meses de idade e da poda de correção do crescimento, aplicada cinco meses depois do ataque. Os estudos foram realizados em plantações de híbridos de eucaliptos clonados (Eucalyptus grandis vs E. urophylla), no município de Grão Mogol, MG e nos laboratórios da Universidade Federal de Viçosa e da Universidade Federal do Paraná. No campo, utilizou-se delineamento em blocos casualizados, com quatro repetições de 100 árvores por tratamento. Os tratamentos consistiram em ?Árvores não atacadas e não podadas?; ?Árvores atacadas e que receberam poda de correção? e em ?Árvores atacadas pelo besouro e que não receberam poda de correção?. O crescimento das árvores foi avaliado aos até os 32 meses de idade, com base na altura total, diâmetro e na qualidade do fuste principal. Como resultados, obteve-se que L. nigerrima tem corpo fortemente quitinizado e alongado. Cabeça hipognata, dorsalmente mais larga do que longa, não ultrapassando a maior largura do pronoto. Pronoto dorsalmente mais largo que longo. Élitros verde-escuros com cerdas brancas em depressões circulares. Tarsômeros azuis. Abdome preto-violáceo brilhante. Sétimo uroesternito com margem posterior arredondada nas fêmeas; nos machos provido de projeção pontiaguda no centro desta margem. Árvores não atacadas e não podadas apresentaram, 29 meses após o ataque do besouro, volume de madeira maior do que árvores atacadas e não podadas. A poda de correção fez diminuir as perdas em crescimento e aumentar a qualidade dos fustes de árvores atacadas em comparação com aquelas sem poda. O ataque de L. nigerrima a plantios de eucalipto prejudicou significativamente a quantidade e a qualidade da produção de madeira de forma que este inseto pode ser considerado como mais uma praga florestal importante na silvicultura brasileira.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Helio Garcia Leite; Paulo Sérgio Fiúza Ferreira; Germi Porto Santos; Carolina Rocha da Silva; Norivaldo dos Anjos Silva

School:Universidade Federal de Viçosa

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Besouro desfolhador Madeira Recuperação PROTECAO FLORESTAL

ISBN:

Date of Publication:02/12/2008

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.