Details

Modelo experimental de mucosite oral induzida por radioterapia de megavoltagem ? papel protetor da pentoxifilina

by Bastos Moura, José Fernando

Abstract (Summary)
A mucosite ou estomatite oral (MO), que consiste na resposta inflamatória da mucosa oral à ação de drogas ou radioterapia, onstitui-se num efeito colateral debilitante, sendo uma complicação potencialmente séria, dose-limitante que tem impacto tanto no controle local quanto na sobrevida e qualidade de vida de pacientes oncológicos. O objetivo deste trabalho foi desenvolver um modelo de MO induzida por radioterapia (RXT) em aparelho de megavoltagem - cobalto-60 (MV - Co60) e avaliar o papel protetor do agente inibidor decitocinas, pentoxifilina (PTX). Foram utilizados 156 hâmsters Golden Siriam machos com massa corpórea média de 139 gramas. Os animais foram submetidos à RXT da mucosa jugal,utilizando aparelho de MV - Co60. A irradiação foi realizada no dia um com campo direto e colocação de bolus sobre a mucosa e dose única de 35 Gy. No quarto dia foram feitas irritações mecânicas (IM) na mucosa jugal irradiada, como fator potencializador da MO. Os animais foram observados por um período de 16 dias, ao longo do qual a mucosa foi avaliadamacroscopicamente considerando os aspectos de hiperemia, áreas hemorrágicas, úlceras e abscessos. Em dias pré- determinados (7, 10, 13 e 16 dias), os animais foram sacrificados e as mucosas removidas e processadas para análise histopatológica (infiltrado celular, dilatação eingurgitamento vascular, hemorragia, edema, úlceras e abscessos), dosagem da mieloperoxidase e detecção de TNF-amp;#945; por imunohistoquímica. Antes do sacrifício, foi colhidosangue para contagem total e diferencial de leucócitos. Os animais foram pesados diariamente e avaliados quanto as suas respectivas variações da massa corpórea e realizado também estudo da curva de sobrevida. No 13º dia, observou-se o pico de intensidade dos achados inflamatótios. APTX foi utilizada nas doses de 5, 15 e 45 mg kg-1sc, 1 h antes da radioterapia e, diariamente,por 13 dias. Observou-se que a indução da MO causou lesões significantes a partir do 7º dia,atingindo pico entre os dias 13 e 16, com aumento significante de marcação de TNF-amp;#945;, sem alteração do hemograma dos animais. Contudo, a indução da MO causou perda significante de peso a partir do 5º dia, mantendo-se estável até o 13º dia, quando, então se observou quedaacentuada e significante da sobrevida dos animais até o 16º dia. A PTX (15 mg kg-1) foi capaz de reduzir hiperemia, hemorragia, úlceras e abscessos (0; 0-2), quando comparada a animais com MO não tratados (salina) com PTX (3; 2-3) (plt;0,05). Estes dados foram confirmados pelaanálise histopatológica das mucosas, onde PTX 15 mg kg-1 (1; 1-3) reduziu o infiltrado inflamatório, dilatação e ingurgitamento vasculares, edema, úlceras e abscessos, quando comparada aos animais que receberam apenas Salina (3; 1-3) (plt;0,05). Ainda, PTX 15 mg kg-1reduziu, a marcação do TNF-amp;#945; nas mucosas com MO, quando comparada aos animais não tratados. A PTX não alterou o hemograma, nem a variação de massa corpórea observada na MO. Em resumo, o modelo de MO induzido por radioterapia de megavoltagem e irritação mecânica em hamster foi desenvolvido e em concordância ao modelo descrito na literatura porortovoltagem, mostra características que em muito se assemelham à mucosite oral humana, em termos de achados macroscópicos, histopatológicos e bioquímicos, portanto, se prestando para o estudo de novas drogas capazes de combatê-la. Quanto à ação da PTX, foi observado umefeito protetor deste agente na dose de 15 mg kg-1, confirmado pela avaliação do mediador inflamatório TNF-amp;#945; e também um possível efeito de radiossensibilização na dose de 45 mg kg1
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Lúcio Flávio Gonzaga Silva; Paulo Eduardo Ribeiro dos Santos Novaes; Ronaldo de Albuquerque Ribeiro

School:Universidade Federal do Ceará

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Protetores contra Radiação Estomatite

ISBN:

Date of Publication:12/20/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.