Details

Locus de controle, comprometimento organizacional e satisfação no trabalho: um estudo correlacional

by Claudino Xavier, Valéria Melo

Abstract (Summary)
O presente estudo buscou verificar a relação entre as variáveis locus de controle, comprometimento organizacional e satisfação no trabalho. A pesquisa foi realizada com 202sujeitos, profissionais empregados em organizações, e que estavam cursando graduação em administração numa faculdade particular da cidade de Uberlândia. Foi utilizado no estudo um modelo teórico formado por dois grupos de variáveis, tendo sido estas mensuradas por meio de um instrumento específico. São elas variáveis biográficas e profissionais, que incluem sexo, idade, estado civil, formação escolar, experiência profissional, setor de atuação, tempode empresa, salário e socialização formal; e variáveis organizacionais: nível de expectativa atendida nos primeiros meses de trabalho, número de cursos realizados pela empresa, número de promoções recebidas e avaliação da oferta de treinamento como oportunidade de desenvolvimento. As variáveis foram: comprometimento organizacional (afetivo, normativo e instrumental) e satisfação no trabalho (com os colegas de trabalho, com a chefia, com o salário, com as promoções e com a natureza do trabalho). A variável comprometimento organizacional foi baseada nos estudos das três dimensões de Meyer, Allen; Smith (1993), e aescala adaptada no Brasil por Medeiros (1997). Já a variável satisfação no trabalho foi mensurada através de uma escala criada e validada por Siqueira (1995).O terceiro construtoenvolvido no estudo, locus de controle, foi considerado uma variável pessoal, parcialmente definida pelas variáveis biográficas e profissionais. Esta variável foi mensurada através da escala Locus de Controle no Trabalho proposta por Spector (1988) e validada para o contexto brasileiro por Bastos (1991). Os resultados demonstram prevalecer na amostra o vínculo afetivo do comprometimento, bem como maior satisfação com os colegas de trabalho. Em relação à variável locus de controle verifica-se a tendência maior ao locus de controle interno. Destaca-se ainda, a existência de relações entre os tipos de comprometimento e as duas dimensões do locus.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Maria Alice Magalhães D'Amorim; Sinésio Gomide Junior; Marilia Ferreira Dela Coleta

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Locus de controle Comprometimento organizacional Satisfação no trabalho Cultura Psicologia industrial

ISBN:

Date of Publication:03/31/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.