Details

Linguas de fronteira e politica de linguas : uma hitoria das ideias linguisticas The borderlaine languages and politics of languages : the history of the linguistics ideas

by Sturza, Eliana Rosa

Abstract (Summary)
A obra Dialecto Fronterizo en el Norte del Uruguay (1965), de José Pedro Rona, funda um discurso sobre as línguas praticadas na fronteira do Brasil com o Uruguai. A história das idéias lingüísticas sobre as línguas de fronteira se constitui nos discursos acadêmicos sobre o cruzamento das línguas portuguesa e espanhola nas zonas de fronteira. O espaço de enunciação fronteiriço se define como um espaço no qual se enunciam dizeres sobre as línguas. Esses dizeres têm sentidos políticos que determinam uma distribuição para as línguas, atribuindo-lhes uma hierarquia. Mas, no conjunto das línguas de fronteira, incluem-se práticas lingüísticas que resultam do cruzamento entre as línguas dominantes na fronteira, o português e o espanhol. Desse modo, as designações, tomadas neste trabalho como categoria de análise, significam politicamente, porque uma vez nomeadas, as práticas do cruzamento entram também no quadro das línguas de fronteira. Nessa fronteira é a língua portuguesa e os dialetos de base portuguesa que determinam uma política de línguas
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Eduardo Roberto Junqueira Guimarães; Eduardo Roberto Junqueira Guimarães [Orientador]; Suzy Maria Lazzi Rodrigues; Amanda Eloina Scherer; Bethania Sampaio Mariani; Lauro Jose Siqueira Baldini

School:Universidade Estadual de Campinas

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Politica de linguas Enunciação

ISBN:

Date of Publication:02/21/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.