Details

La posible sinergia entre el Estado y las organizaciones populares contra hegemonicas en el proceso de globalizaciondesafios para la Argentina en el tercer milenio

by Lopez, Eduardo Daniel

Abstract (Summary)
Os acontecimentos historicos que aconteceram entorno da crise do ano 2001 colocaram em evidência não só a perda de hegemonia do modelo liberal, como também, o começo de sua superação. Nesa nova conjuntura evidenciouse com força, uma série de transformações sociais microscópicas produtos de um largo processo de gestação. Destaca-se a emergência de uma nova geração de organizações populares caracterizadas por sua unidade, carácter democrático e contra hegemônico e vocação global. Estas novas organizações e suas lideranças irrompem a cena política pondo em questão a velha partidocracia caracterizada pelo clientelismo burocrático. Todavia esta nova perspectiva de luta apresenta rupturas e continuidades. Convivem com estas novas formas organizativas de base popular, outras que são parte da cultura própria da tradição nacional e popular argentina. Esta imbricação constitui uma nova expressão do projeto argentino trans-histórico e nacional. A indentidade nacional e popular se reinventa dando bases a uma nova versão histórica do nacionalismo popular. Neste novo cenário, um novo tipo de liderança popular democráica e uma nova política nacionalista com vocação global, se reconfiguram em algumas políticas estatais. Para acompanhar essa nova realidade social e política é necessário um novo tipo de política social que não deve operar conforme à lógica das políticas sociais globais, isto é, deve partir do reconhecimento da matriz cultural nacional ?popular e apontar para a construção de uma relação dialógica e sinérgica entre as instituições estatais e as organizações populares contra hegemônicas. Esta possível sinergia aponta ao empoderamento mutuo, entre Estado e organização popular, a partir da nova cultura nacional popular. A construção dessa relação pode se constituir num objetivo claro para o trabalho social. Tanto para as intervenções que se desenvolvem nas instituições estatais quanto para as que se desenvolvem no âmbito das organizações populares contra hegemônicas. Este estudo examina experiências de assistentes sociais na Argentina e apresenta novas bases teórico-metodológicas para uma intervenção social que contribua na construção desta relação no interior de novas políticas sociais.
This document abstract is also available in Spanish.
Bibliographical Information:

Advisor:Aldaíza de Oliveira Sposati

School:Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:SERVICO SOCIAL Argentina - Condições sociais Estado

ISBN:

Date of Publication:05/18/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.