Details

Isolamento, caracterização química e avaliação da propriedade inseticida do óleo essencial de Piper amplum Kunth

by Adams Angnes, Sandra Inês

Abstract (Summary)
A familia Piperaceae pertence à subordem Nymphaeiflorae, ordem Piperales, sendo formada por 5 gêneros principais e 1400 espécies. Os gêneros Piper e Peperômia são os de maior representatividade, com aproximadamente 700 e 600espécies, respectivamente. O gênero Piper destaca-se pela produção de óleos essenciais, constituindo importante fonte de matéria-prima para diferentes segmentos da indústria química. O óleo essencial in natura pode ainda apresentarpropriedades citotóxica, inseticida ou organoléptica, ampliando seu potencial científicotecnológico. O presente trabalho emvolveu procedimentos de extração, isolamento, identificação e propriedades de constituintes químicos das partes aéreas da espécie Piper amplum Kunth, de ocorrência no Parque Natural Municipal São Francisco de Assis, Blumenau em Santa Catarina. O óleo essencial das folhas einfrutescência foi obtido por hidrodestilação com extrator Clevenger modificado, obtendo-se rendimentos máximos de 0,12 e 0,045%, respectivamente. A composiçãoquímica do óleo essencial das folhas foi determinado por cromatografia gasosa (CG), cromatografia gasosa acoplada a espectrometria de massa (CG-EM) e índice deretenção (IR), neste caso empregando como padrões uma série homóloga de hidrocarbonetos lineares. Foram identificados 19 compostos, respondendo por 90% dos constituintes, sendo que os majoritários foram a-pineno 12,9 %; limoneno 3,8%; a- copaeno 4,2%; E-cariofileno 24,4%; Valenceno 16,3% e a-cadinol 8,5%. Foi também observada forte influência sazonal sobre a concentração doshidrocarbonetos monoterpênicos, que alcançaram teores máximos no verão (janeiro). Ensaios inseticida e de repelência com o óleo essencial das folhas empregando Cx. quinquefasciatus forneceram inesperadamente resultadosnegativos. Os extratos das infrutescências verde e madura foram obtidos utilizando se a mistura binária acetato de etila e hexano / 1:1 como solvente extrator em aparelho soxhlet. Embora tenham apresentado a mesma composição química, osrendimentos do extrato bruto proveniente de frutos verdes foi superior, 2,18% contra apenas 0,78% obtido dos frutos maduros. Do extrato da infrutescência isolou-se porcromatografia em coluna um constituinte principal que foi parcialmente analisado. A técnica de Ressonância Nuclear Magnética de 13C e 1H convencionais e DEPT indicou tratar-se de composto com cadeia alifática de origem parafínica, associada a um sistema fenólico. Análises complementares devem ser realizadas para sua elucidação completa. Para melhor avaliar o potencial terapêutico da planta em questão, sugere-se a continuidade do estudo
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Moacir Geraldo Pizzolatti; Flávia Aparecida Fernandes da Rosa; Iêda Maria Begnini; Ricardo Andrade Rebelo

School:Universidade Regional de Blumenau

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:óleo essencial Essências e óleos essenciais; Extração (Química); Cromatografia a fluído supercrítico

ISBN:

Date of Publication:12/09/2005

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.