Details

GERENCIAMENTO AMBIENTAL EM ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE MÉDIO PORTE: ELABORAÇÃO DE UM INSTRUMENTO DE ANÁLISE AMBIENTAL E OPERACIONAL COM BASE NA NBR ISO 14001: 2004

by de Freitas, Bruno Kenzo

Abstract (Summary)
HASSEGAWA, Bruno Kenzo de Freitas. GERENCIAMENTO AMBIENTAL EM ESTAÇÕES DE TRATAMENTO DE ÁGUA DE MÉDIO PORTE: ELABORAÇÃO DE UM INSTRUMENTO PARA ANÁLISE AMBIENTAL E OPERACIONAL COM BASE NA NBR ISO 14001:2004. OURO PRETO: UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO, 2007. NÚMERO DE PÁGINAS: 441.O funcionamento das estações de tratamento de água (ETA) pode ser comparado ao de verdadeiras indústrias, pois, como em qualquer processo de fabricação, também se utiliza de matéria-prima que é a água bruta e insumos visando transformá-la num produto final de qualidade que é a água tratada. Nesse processo são gerados resíduos que são o lodo de decantador e a água de lavagem de filtros, cujos estudos de caracterização sobre suas composições físico-químicas, realizados por diversos autores, apresentaram resultados com altas concentrações de metais como alumínio, cádmio, chumbo e cromo, dentre outros.Observando esses aspectos, o presente trabalho buscou desenvolver uma metodologia, com base na NBR ISO 14001:2004 e em referências bibliográficas sobre o tratamento de água, para identificar quais características das etapas do tratamento de água podem causar danos ao meio ambiente e verificar se os sistemas de gestão adotados em duas empresas de saneamento de Minas Gerais, com estações de tratamento de água (ETA) de médio porte, permitem o controle dessas características no processo buscando-se evitar impactos ambientais.O modelo de análise ambiental elaborado no presente estudo foi testado em duas ETAs de médio porte, em que se acompanharam as rotinas operacionais e gerenciais de cada uma delas. Em ambos os casos, o modelo de análise ambiental proposto demonstrou-se útil na coleta de informações e detecção de irregularidades operacionais que podem resultar em problemas ambientais importantes.Os resultados da pesquisa indicaram que os atuais sistemas de gestão das duas empresas avaliadas ainda não estão preparados para lidar com assuntos de cunho ambiental. Dentre as várias causas que podem explicar isso se destacam a falta de uma política ambiental estabelecendo o compromisso com o meio ambiente, ausência de funcionários devidamente treinados e conscientizados, falta de documentação de procedimentos relacionados à etapas do tratamento de água com características ambientais significativas e falta de investimentos na modernização e ampliação das ETAs.
Bibliographical Information:

Advisor:Luciano Miguel Moreira dos Santos; Jorge Adílio Penna; José Francisco do Prado Filho

School:Universidade Federal de Ouro Prêto

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:iso 14001 tratamento de água sistema gestão ambiental sga impactos ambientais estação eta water treatment environmental management system ems impacts plants wtp recursos hidricos

ISBN:

Date of Publication:06/04/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.