Details

Fotossintese e acumulo de biomassa em plantas jovens de duas especies arboreas de diferentes grupos ecologicos (pioneira x climacica) de uma floresta estacional semidecidual

by Silvestrini, Milene

Abstract (Summary)
Espécies arbóreas tropicais apresentam diferentes estratégias adaptativas de acordo com o micro-hábitat que ocupam na floresta ou com o grupo ecológico a que pertencem. Com o objetivo de avaliar as respostas fotossintéticas e de acúmulo e alocação de biomassa em espécies arbóreas de dois grupos ecológicos distintos ao fator luz, plântulas de Trema micrantha (L.) Blum. (pioneira) e Hymenaea courbaril (L.) varo stilbocarpa (Hayne) Lee & Langenh. (climácica) foram crescidas por aproximadamente 4 meses sob duas condições de intensidade luminosa: baixa radiação - BR (PFDdiária de 4,0 :t 0,2 moI. m-2.dia-1 e PFDmáx. de 260 :t 26 _mol. m-2. S-1 em dias de céu claro, sem nebulosidade) e alta radiação - AR (PFDdiária de 50:t 4 moI. m-2.dia-1 e PFDmáx. de 2347 :t 117 _mol. m-2. S-1). Após este período, plantas crescidas em BR foram transferidas para AR, a fim de estudar o potencial de aclimatação das duas espécies a uma mudança repentina da intensidade luminosa, como acontece durante a abertura de uma clareira. Inicialmente foram realizadas a avaliação do acúmulo e alocação de biomassa e medidas de trocas de CO2 (taxas máximas de assimilação de CO2, curvas de andamento diário e de resposta à luz), emissão de fluorescência da clorofila a (Fo e razão FJFm) e conteúdo de clorofilas e carotenóides totais na 28 folha completamente expandida a partir do ápice em T. micrantha e na 38 folha completamente expandida em H. courbaril. Sob AR, T. micrantha apresentou maior ponto de saturação luminosa, maior taxa de assimilação de CO2 no ponto de saturação, maior ponto de compensação de luz e maior valor de eficiência fotossintética que H. courbaril. Sob BR, T. micrantha apresentou menores valores, exceto a eficiência fotossintética, que tendeu a ser maior. Altos teores de clorofilas (Ca+Cb) e carotenóides totais foram encontrados em H. courbaril sob BR. A razão Ca:Cb foi maior em T. micrantha sob os dois tratamentos. A quantidade de matéria seca total foi maior em H. courbaril sob as duas condições de radiação. No experimento de aclimatação, foi realizada a avaliação do acúmulo e alocação de biomassa e o acompanhamento fotossintético através de medidas periódicas das taxas de assimilação de CO2, emissão de fluorescência da clorofila a (Fo, Fm e razão FJFm) e conteúdo de pigmentos até 190 dias após a transferência para AR. Plantas das duas espécies apresentaram queda acentuada nas taxas de assimilação e sintomas de fotoinibição crônica nas folhas expandidas ainda em BR. Nas folhas expandidas em AR, T. micrantha apresentou recuperação total da assimilação e mecanismos de fotoproteção. H. courbaril apresentou aclimatação parcial das taxas de assimilação (que teve início já nas folhas de BR) e foi mais sensível ao excesso de radiação da nova condição que T. micrantha. Apesar das menores taxas fotossintéticas em relação à espécie pioneira, plantas transferidas de H. courbaril apresentaram mudanças fisiológicas e morfológicas após o aumento brusco de radiação, monstrando um ajuste às nova condições. T. micrantha e H. courbaril apresentaram características fotossintéticas típicas de espécies pioneiras e climácicas, porém a espécie climácica estudada apresentou habilidade em lidar com altas intensidades luminosas, indicando um satisfatório potencial de aclimatação à abertura de clareiras
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Ivany F. Marques Valio; Eduardo Arcoverde de Mattos; Ivany F. Marques Valio [Orientador]; Rogeria Pereira de Souza; Fabio Rubio Scarano

School:Universidade Estadual de Campinas

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Sucessão ecologica

ISBN:

Date of Publication:01/27/2000

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.