Details

Felicidade no Ciberespaço: Um Estudo com Jovens Usuários de Comunidades Virtuais

by Gondim, Márcio Silva

Abstract (Summary)
Pode-se observar na Internet o crescimento de diversas redes sociais e de comunidades virtuais, as quais despertam intenso interesse dos (as) jovens. Os sites e serviços, antes estáticos, ganham cada vez mais dinamismo e estímulos visuais por meio de imagens, havendo uma ênfase a atributos promotores de "felicidade". A presente investigação instaura um olhar às implicações de ideais de felicidade em jovens usuários de comunidades do serviço tecnológico Orkut. Objetiva-se detectar através de manifestações (expressões, imagens e comunidades virtuais) a associação a atributos promotores de ?felicidade?. Também se visa investigar o discurso de jovens usuários (as) desse serviço tecnológico, as formas de recepção desses tipos de comunidades virtuais, interpretando os sentidos auferidos ao uso do Orkut. Busca-se ainda refletir criticamente acerca das novas formas de relação do homem com variados signos de consumo e suas repercussões enquanto fonte produtora de processos de subjetivação. A abordagem qualitativa orienta conceitualmente este estudo, por se tratar de um modo adequado para se compreender o fenômeno psicossocial em destaque nesta pesquisa: a relação entre o ciberespaço e ideais de ?felicidade?. Sendo uma investigação psicossocial de natureza crítica, parte-se epistemologicamente da Teoria Crítica por ser uma teoria que tem como uma de suas mais relevantes tarefas uma reflexão, com vistas à emancipação humana, sobre o imediatismo do presente nos produtos da indústria cultural, em busca de seus determinantes históricos e culturais. Realizaram-se atividades com um grupo de jovens estudantes de uma escola particular da cidade de Fortaleza (Ceará) por meio do Método (Con)texto de Letramentos Múltiplos, com o objetivo de coletar textos sobre as impressões juvenis relativas ao serviço Orkut. Na investigação empírica, destacaram-se as categorias: 1) Diferenciação (distinguir-se dos demais, sentindo-se importante através de expressões de elogio de outros); 2) Popularidade (relaciona-se ao ideal de ?fama?, atrelada ao número de amigos e fãs que se possui); 3) Atratividade (relevância a determinados padrões de beleza). Atributos psicossociais, tais como a beleza, a diferenciação e a visibilidade (compreendidos aqui como ideais de felicidade no ciberespaço), são cada vez mais destacados e enfatizados pela Indústria Cultural na contemporaneidade. Sendo assim, as identidades dos (as) jovens integrantes das comunidades virtuais aparentaram estar direta ou indiretamente subordinada à apropriação desse serviço (enquanto um signo de consumo diferenciador), que repercute na vida cotidiana desses indivíduos e passa a exercer um papel significativo, constituidor de subjetividades. Esta pesquisa finaliza-se com um convite para pensar-se na possibilidade de criarem-se novas práticas e ações propiciadoras de reflexões críticas e espaços experienciais relacionadas ao ciberespaço, em um contexto transdisciplinar.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Maria de Fátima Vieira Severiano; Luciana Lobo Miranda; Francisco Silva Cavalcante Júnior

School:Universidade Federal do Ceará

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:tecnologia comunidades virtuais felicidade Orkut Usuários da internet - Fortaleza(CE) Atitudes Felicidade Jovens Efeito das inovações tecnológicas Orkut(Conversação eletrônica)

ISBN:

Date of Publication:08/24/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.