Details

Fauna de Aedes (Ochlerotatus) scapularis e as alterações ambientais provocadas pela construção das barragens das usinas hidrelétricas Capim Branco I e Capim Branco II, no Rio Araguari, no Município de Uberlândia, Minas Gerais - Brasil

by da Silva, Glaucimar Soares

Abstract (Summary)
Com a implantação de duas hidrelétricas no baixo curso do rio Araguari, Capim Branco I eCapim Branco II, teve-se a oportunidade de levantar a fauna de Ae. (Och.) scapularis nestasáreas, nos períodos anterior e durante as alterações ambientais provocadas pela construção dasmesmas. O estudo foi efetuado de maio de 2003 a abril de 2005, iniciando-se ao mesmotempo nas duas áreas, porém na área de implantação da barragem da UHE Capim Branco I asalterações ambientais se deram a partir de maio de 2004, e na área de implantação dabarragem da UHE Capim Branco II deram-se a partir de março de 2005. Escolheram-se 4pontos fixos para captura dos insetos, sendo dois na área de implantação da barragem da UHECapim Branco I (um ponto a margem do rio Araguari e outro a 184m em posição topográficasuperior) e dois na Capim Branco II (um ponto a margem do rio Araguari e outro a 584m emposição topográfica superior). Este trabalho tem por objetivo o levantamento da fauna de Ae.(Och.) scapularis, levando-se em consideração as características fisiográficas das áreas.Efetuaram-se ao todo 96 coletas de campo, 64 destas com duração de 3h cada e 32 coletascom duração de 12h cada, com utilização da armadilha de Shannon, sendo que nas capturas de12h utilizaram-se também três armadilhas tipo CDC, porém com nenhum rendimento de Ae.(Och.) scapularis nesta última. Para se estudar e descrever o ambiente das duas áreas emestudo elaboraram-se um perfil ecológico para cada uma delas. Capturaram-se ao todo nasduas áreas 61 exemplares de Ae. (Och.) scapularis, sendo que na primeira etapa 90,57% dosinsetos foram capturados na área de implantação da barragem da UHE Capim Branco II e9,43% na área de Capim Branco I. Durante a segunda etapa capturaram-se 87,50% na área deimplantação da barragem da UHE Capim Branco I e 12,50% na área de Capim Branco II. Apartir dos dados obtidos percebeu-se que a área de implantação da barragem da UHE CapimBranco II é mais favorável a fauna de Ae. (Och.) scapularis que a área de implantação dabarragem da UHE Capim Branco I. As alterações ambientais provocadas pela construção dasbarragens das UHE`s Capim Branco I e Capim Branco II foram relacionadas a supressão davegetação, a grande circulação de veículos e maquinários, barulhos intensos, poeira epresença dos trabalhadores nos canteiros de obra. Considera-se que não houve alteração nafauna de Ae. (Och.) scapularis no período pesquisado antes e durante a alteração ambiental,na área de implantação da barragem da UHE Capim Branco I e no que se refere a área deimplantação da barragem da UHE Capim Branco II não há como se afirmar porque foramapenas dois meses no período que se deu durante a construção da barragem.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Julio Cesar de Lima Ramires; Samuel do Carmo Lima; Delsio Natal

School:Universidade Federal de Uberlândia

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Capim Branco I II GEOGRAFIA Geografia médica

ISBN:

Date of Publication:05/28/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.