Details

Fatores que modificam a função congnitiva e motora na doença de Parkinson: um estudo sobre a influência do jogo de dominó

by Araujo Lima, Alisson Menezes

Abstract (Summary)
A doença de Parkinson (DP) é caracterizada por acinesia, rigidez e tremor de repouso. Flutuações clínicas são comumente observadas nessa afecção e não são bem compreendidas. Tais flutuações, provavelmente, guardam relação com o estado de neurotransmissão dopaminérgica e com influências de outros sistemas de neurotransmissores. Casos de jogo compulsivo foram descritos na DP e tem sido associados ao uso de agonistas dopaminérgicos. Sabe-se que a via dopaminérgica desempenha um papel fundamental no sistema de recompensa e tem sido implicada no reforço positivo após o jogo. A prática de jogos tem também sido associada à melhora da cognição em pessoas idosas. O objetivo deste trabalho foi estudar a influência aguda do jogo de dominó sobre a atividade motora e a memória na DP. Nós avaliamos as características sócio-demográficas da população, o estado da função motora através da Unified Parkinson?s Disease Rating Scale parte III, a presença de sintomas depressivos através do Inventário de Depressão de Beck (IDB), a memória de trabalho através do Teste de Stroop parte III e o desempenho motor através do teste de caminhada e de digitação rápida. O experimento consistiu na realização de um jogo de dominó, entre 8 e 9 horas da manhã. Os testes de memória e desempenho motor foram realizados antes e após o jogo. Após a realização ou não do jogo os pacientes foram classificados entre os grupos perdedor, vencedor e controle respectivamente. O estudo foi realizado no Ambulatório de Distúrbios do Movimento do HU da Faculdade de Medicina da UFC. Quarenta pacientes consecutivos, sendo 27 homens (67,5%) com idade entre 48 e 84 anos (63,2±8,5), com Hoehn amp;Yahr entre I e III foram avaliados. Na amostra estudada, 28 casos (70%) apresentavam sintomas depressivos (IDBgt;10). O grupo controle consistiu de 13 indivíduos que permaneceram sentados sem jogar. Quatorze pacientes foram vencedores e 13 foram perdedores. Não houve diferença estatisticamente significante entre os grupos quanto à idade, duração da doença, índice de massa corpórea, dose de levodopa, uso de álcool, fumo, histórico familiar de DP, presença de sintomas depressivos e hábitos de jogar jogos de azar. Uma paciente em uso de agonista dopaminérgico referiu compulsão por jogos de azar. Os pacientes vencedores apresentaram melhor desempenho no teste de memória de trabalho (p=0,002) e digitação rápida (p= 0,01). Os perdedores apresentaram uma tendência de melhora da caminhada após o experimento. Em conclusão, nosso estudo mostra que a prática de um jogo de dominó se associa a melhora da memória de trabalho e da atividade motora (avaliada pelo teste de digitação rápida) em indivíduos com DP. Tais achados podem ser explicados pela liberação de dopamina que ocorre após o jogo através do sistema de recompensa.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Otoni Cardoso do Vale; Mirian Parente Monteiro; Veralice Meireles Sales de Bruin

School:Universidade Federal do Ceará

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Doença de Parkinson Depressão Função Cognitiva e Motora Jogos Azar Doenças do Sistema Nervoso Central Inibidores da Monoaminoxidase Transtornos das Habilidades Motoras

ISBN:

Date of Publication:07/18/2007

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.