Details

FUNDAMENTOS DA FORMAÇÃO ARTESANAL: A concepção dos jovens aprendizes sobre o processo de profissionalização quot;nostálgicoquot; e quot;futuristaquot; da Oficina Escola de Artes e Ofícios (2001 - 2005).

by Astigarraga, Andrea Abreu

Abstract (Summary)
RESUMOEsta tese teve como tema central a formação técnico-profissional para a juventude pelo viés do trabalho artístico-artesanal da Oficina Escola. O objetivo geral foi compreender, a partir do processo formativo profissional proposto pela Oficina escola e do significado atribuído a ele pelos jovens aprendizes, os limites da possibilidade de inclusão dos jovens em uma perspectiva real do trabalho. para desenvolvê-la adotamos uma metodologia multirreferencial, ou seja, lançamos mão da pesquisa bibliog~´afica de caráter histórico e da pesquisa qualitativa com enfoque etnográfico e etnometodológico. Na pesquisa bibliográfica de caráter histórico, percorremos o caminho sinalizado por Rugiu (1986) mas com passos diferenciados. Ao contrário do autor que resgata um "fio invisível" na formação artesanal em "inovadores pedagógicos" dos séculos XVIII e XIX, tais como Locke, Smith, Rousseau e Marx, nós enfocamos o caráter político-pedagógico de cada autor, inserindo-o em uma perspectiva ideológica. Portamos, situamos os autores em duas perspectivas antagônicas: a conservadora liberal e a marxista progressista. na primeira, incluímos as propostas político-pedagógicas de Locke, Smith, Rousseau e Mandeville. Na segunda, as propostas político-pedagógicas de marx, Gramsci, Pistrak e Makarenko. Também resgatamos os princípios da formação artesanal das Corporações na europa, sua transposição para o brasil e a implantação de algumas experiências no Ceará. Outras contribuições teóricas importantes forma encontradas nas categorias de E. Goffman sobre "instituições totais" e de Foucault sobre técnicas de disciplinamento. Na dimensão empírica da pesquisa, utilizamos a etnografia e a etnometodologia. Para os procedimentos metodológicos, escolhemos instrumentos de coleta de dados que viabilizaram a aproximação entre a pesquisadora e os sujeitos da pesquisa. portanto, lançamos mão das técnicas de observação participante, aplicação de um questionário com jovens aprendizes, análise de documentos e, por fim, o uso de técnicas projetivas, tais como, análise de letras de músicas e comentários sobre um vídeo-clip, ouvimos e analisamos as percepções e concepções dos jovens aprendizes a respeito do ajustamento primário (conversão), ajustamento intermediário (colonização) e ajustamento secundário ao processo formativo a eles proposto pela Oficina Escola, asssim como a visão que eles têm sobre "ser jovem", trabalho e perspectivas (sonhos). Os resultaods obtidos apontam certa ambigüidade no processo de institucinalização dos jovens pobres. A Oficina escola busca o desculturamento dos jovens em "situação de risco psicossocial" viabilizando uma oportuinidade de formação profissional. Alguns jovens se ajustam a esse processo, outros se ajustam em parte, enquanto outros analisam criticamente o contexto e sinalizam outra perspectiva de formação tanto geral quanto técnica profissionalizante.
This document abstract is also available in Spanish.
Bibliographical Information:

Advisor:Maria Nobre Damasceno; Celecina de Maria Veras Sales; André Haguette; Ivandro da Costa Sales; Osterne Nonato Maia Filho

School:Universidade Federal do Ceará

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:ENSINO PROFISSIONALIZANTE Formação Humana Educação profissionalizante Juventude Institucionalização Jovem em situação de risco psicossocial Ensino profissional - Fortaleza(CE) 2001-2005 Artes e ofícios Menores aprendizes Condições sociais Sobral(CE)

ISBN:

Date of Publication:08/23/2006

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.