Details

Estudo dos polimorfismos do HLA e microssatélites na infecção pelo HIV-1/AIDS.

by da Silva, Edinete Melo

Abstract (Summary)
[INTRODUÇÃO] Fatores genéticos do hospedeiro podem promover resistência à infecção pelo HIV-1 e o retardo no curso da doença. O polimorfismo do HLA é consideradodeterminante na infecção do HIV-1 e AIDS. Os genes HLA, localizados na região de classe I do MHC, ganham destaque nos estudos de associação como fortes candidatos à patogenia daAIDS. A informação do perfil polimórfico do HLA nas diferentes populações contribui significativamente para o melhor entendimento do curso natural da infecção pelo HIV-1 e,conseqüentemente, na elaboração de vacinas e medicamentos para o tratamento da AIDS. [OBJETIVO] Identificar variações genéticas no MHC e verificar associações com a patogeniada AIDS em indivíduos infectados pelo HIV-1 na população de Salvador, BA.[MATERIAL E MÉTODOS] Trata-se de um estudo de Coorte e estudo Transversal de comparação defreqüência gênica. Os marcadores do MHC (microssatélites D6S105 (classe I), DRACA (classe II) e TNF-d, (classe III) e os genes HLA-A, -B e -C) foram genotipados por doismétodos distintos, ambos precedidos por PCR. Após a PCR, os produtos amplificados dos microssatélites foram separados por eletroforese em capilar e os alelos foram denominados deacordo com o tamanho dos fragmentos amplificados. A tipagem do HLA foi feita pelo método SSO. Após a amplificação dos éxons 2 e 3 para os loci HLA-A, -B e -C foi feita ahibridização com sondas que possuem as seqüências de nucleotídeos iguais aos éxons amplificados. Os resultados foram interpretados através de um ?software? que estabeleceu agenotipagem do HLA. As análises estatísticas foram feitas através do Teste exato de Fisher e Mann-Whitney para comparação das variáveis categóricas e contínuas,respectivamente.[RESULTADOS] O presente estudo não demonstrou associação entre os polimorfismos do MHC e a progressão para AIDS. Nossos dados sugerem associação domicrossatélite TNF-d com resistência à infecção pelo HIV-1 e modulação da carga viral plasmática e contagem de células TCD4+. Nosso estudo revela, ainda, associação de alelos deHLA de classe I (HLA-A*26, -A*31, -A*66, -A*69, -A*74 e -A*80, HLA-B*27, -B*40, -B*51, -B*57 e -B*81 e HLA-Cw*01, -Cw*15 e -Cw*18;) e do antígeno sorológico Bw4 namodulação dos marcadores clínicos da infecção pelo HIV-1. [CONCLUSÃO] Os polimorfismos do MHC (microssatélite TNF-d, HLA-A, HLA-B e HLA-C) têm um papel protetor importante no curso da infecção pelo HIV-1, modulando a carga viral plasmática e o número de células TCD4+.
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Angelina Xavier Acosta; Bernardo Gavão Castro

School:Faculdades Oswaldo Cruz

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Síndrome de Imunodeficiência Adquirida Polimorfismo Genético Genes Classe I do Complexo Histocompatibilidade (MHC) II Repetições Microssatélites

ISBN:

Date of Publication:02/11/2008

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.