Details

Estudo dos efeitos da inibição crônicado óxido nítrico na reproduçãode ratos machos

by Rocha Tomé, Adriana da

Abstract (Summary)
O óxido nítrico (NO), derivado da L-arginina pela óxido nítrico sintetase (NOS), a qual existe em várias isoformas, é considerado um importante mensageiro molecular em vários órgãos incluindo o trato genital masculino. Este estudo analisou o possível efeito do L-NAME (NG-nitro-L-arginina metil éster), um inibidor não seletivo de NOS sobre a descida testicular, emissão seminal induzida por colinérgico, função testicular, comportamento sexual e fertilidade em ratos Wistar machos. O tratamento de ratos machos de 20 dias de idade com L-NAME na dose de 20mg/kg/dia por 10 dias consecutivos promoveu um significativo retardo na descida testicular comparado ao controle que recebeu salina. Este efeito do L-NAME foi bloqueado em animais pré-tratados com L-arginina (600mg/kg, s.c.), um substrato para a biossíntese de NO, sugerindo que o NO exerce um papel modulador na descida testicular. Em ratos machos adultos, a pilocarpina (0,75 e 3,0 mg/kg, i.p.), droga colinérgica, induziu a emissão seminal de maneira dose-dependente. A emissão seminal em resposta a pilocarpina ( 3,0 mg/kg) foi diminuída em animais atropinizados sugerindo um efeito colinérgico. L-NAME tembém inibiu a emissão seminal induzida por pilocarpina e este efeito foi revertido por L-arginina (600mg/kg, s.c.) ou pela administração conjunta de nitroprussiato de sódio (0,5mg/kg, s.c.). Além disto, a análise urinária de nitrato/nitrito demonstrou marcada alteração em concordância com o tratamento. Estes resultados sugerem que o NO participa na neurotransmissão inibitória responsável pela emissão seminal em ratos estimulados com pilocarpina. Em experimentos realizados para verificar os efeitos da inibição crônica de NOS sobre o comportamento copulatório, o tratamento de ratos com L-NAME (40mg/kg/dia) durante um período de um ciclo completo de espermatogênese uma influência inibitória sobre o comportamento sexual foi evidenciada por um aumento na latência da primeira monta e intromissão e marcada inibição da frequência de intromissão e ejulação. A inibição crônica de NOS também demonstrou alteração na função testicular refletida pela diminuição nos níveis séricos de testosterona, contagem de espermatozóides e anormalidades espermáticas. O número de fêmeas grávidas, de machos que receberam tratamento crônico com L-NAME, foi reduzido resultando em 75% de inibição da fertilidade. O efeito de L-NAME sobre a fertilidade masculina pode dever-se a inibição da NOS periférica e central promovendo inibição da secreção local de androgênios e/ou gonadotrofinas. Os resultados mostram evidências que o NO regula de maneira importante o processo reprodutivo masculino tais como descida testicular, comportamento sexual e fertilidade
This document abstract is also available in English.
Bibliographical Information:

Advisor:Vicente José de Figueirêdo Freitas; Manassés Claudino Fonteles; Marcus Raimundo Vale; Ronaldo de Albuquerque Ribeiro; Vietla Satyanarayana Rao

School:Universidade Federal do Ceará

School Location:Brazil

Source Type:Master's Thesis

Keywords:Óxido nítrico ? processo reprodutivo

ISBN:

Date of Publication:06/20/2002

© 2009 OpenThesis.org. All Rights Reserved.